;

Especiais

Economia| MT tem queda na produção de milho em relação à safra passada

Com informações do G1

Mais de 90% das lavouras de milho já foram colhidas em Mato Grosso, segundo o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea). Nesta safra, o rendimento das lavouras tem sido de 99 sacas por hectare, sendo menor que a safra anterior, de 107 sacas por hectare.

Além da queda na produtividade, a área plantada foi menor que na safra passada.

De acordo com o superintendente do Imea, Daniel Latorraca, o estado produziu cerca da 27 milhões de toneladas neste ano. Enquanto, na safra anterior, foram colhidas mais de 30 milhões de toneladas.

"Houve uma redução de quase três milhões de toneladas, além da quebra de safra em outros estados", avaliou.

O agricultor Pedro Vígolo explicou que encerrou a colheita dos 800 hectares. Houve uma queda de 7% na produtividade, em relação à safra anterior. A produção dos grãos está estocada em silos-bag.

"O milho está até passando do ponto, mas concluímos toda a nossa colheita", disse.

Metade da lavoura dele foi comercializada à base de troca por insumos para cobrir os custos de produção. A saca do milho foi vendida pelo preço médio de R$ 18.

No município de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, os 500 mil hectares plantados já foram colhidos, e a produtividade ficou acima 113 sacas por hectare.


Segundo o presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Luimar Gemi, a preocupação dos produtores é quanto ao transporte dos grãos.

"Eles não estão conseguindo fazer a retirada dos grãos nos prazos determinados, em função do tabelamento do preço do frete", disse.