Procurando um emprego ?

Veja aqui as vagas disponíveis no SINE.

DISQUE 100

Não seja cúmplice desse crime, sexo com crianças e adolescente é crime.

CADASTRO POSITIVO

Empresa disponibiliza gratuitamente consultas nos órgãos de proteção ao crédito SPC.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Foco e Fé| 5 ensinamentos da Bíblia sobre a verdadeira prosperidade

A Bíblia diz que quem ama a Deus será próspero. Mas a prosperidade da Bíblia é diferente da prosperidade do mundo. Prosperidade bíblica não é ter muito dinheiro, propriedades, um carro caro, um negócio de sucesso, fama... A prosperidade que Deus dá é muito melhor!
Esta é a verdadeira prosperidade do cristão:

1. Bênçãos espirituais

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo.” Efésios 1:3
As maiores bênçãos são as espirituais. Em Jesus você tem a vida eterna – vida sem fim! E essa vida no céu será cheia de alegria, sem dor nem sofrimento.

2. Cheio do Espírito Santo

“Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai que está nos céus dará o Espírito Santo a quem o pedir!” Lucas 11:13
Você pode ter sempre mais de Deus! Através do Espírito Santo, você pode conhecer Deus e ter um relacionamento cada vez mais íntimo com Ele.

3. Abundância de graça e paz

“Graça e paz lhes sejam multiplicadas, pelo pleno conhecimento de Deus e de Jesus, o nosso Senhor.” 2 Pedro 1:2
O perdão e o amor de Deus não têm limites. A paz de Deus é uma paz rara e preciosa, que vem quando você conhece a graça de Deus.

4. Rico em generosidade

“Há maior felicidade em dar do que em receber.” Atos dos Apóstolos 20:35
O mundo diz que a alegria está em acumular riqueza. A Bíblia diz que a alegria está em partilhar! Quando você dá, você investe e multiplica amor.

5. Tesouros no céu

“Não acumulem para vocês tesouros na terra (...). Mas acumulem para vocês tesouros nos céus, onde a traça e a ferrugem não destroem e onde os ladrões não arrombam nem furtam.” Mateus 6:19-20
As riquezas de Deus são eternas! Você não pode levar seu dinheiro para o céu. Mas você pode levar seu amor, sua alegria e sua paz.
Deus quer lhe dar uma vida cheia de verdadeira prosperidade!

Mato Grosso| Grupo é preso em Mato Grosso com 2,8 toneladas de inseticida proibido

Oito pessoas foram presas com 2,8 toneladas de inseticida contrabandeado, em Nova Mutum, a 269 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, a apreensão e as prisões ocorreram na terça-feira (14) e. O produto, de uso proibido no Brasil, teria acabado de chegar do Paraguai.
De acordo com a PM, além das prisões, os policiais também apreenderam R$ 8 mil, quatro carros e rádios transmissores. O caso ocorreu após uma denúncia. Policiais flagraram a quadrilha pouco antes do descarregamento do produto.
O defensivo seria deixado em um depósito onde já acontecia a transação comercial. No local, dentro de uma plantação de grãos um pouco afastada da cidade, os policiais apreenderam o caminhão com a carga, além de pouco mais de 8 mil, quatro veículos e rádios transmissores.
A carga não tinha nota fiscal comprovando origem e pagamento de impostos. Os quatro carros seriam usados como batedores que acompanhavam o caminhão com o contrabando e informavam pelos rádios situações que pudessem colocar o transporte em perigo, como a presença da polícia e de barreiras de fiscalização.
Conforme a PM, além do contrabandeado, há registros de furtos e roubos desse tipo de produto em áreas rurais da região. Geralmente, segundo a PM, os produtos são roubados nas fazendas e vendidos para outros produtores rurais.

G1

Entretenimento| Chris Weidman celebra Dia dos Namorados com selinho no Spider


Algoz de Anderson Silva em duas ocasiões, Chris Weidman celebrou o Dia dos Namorados comemorado nos Estados Unidos e na Europa na terça-feira (14) com um selinho no brasileiro. Mas não, não houve nenhum encontro romântico para tal. O norte-americano republicou nas redes sociais a foto na qual os dois dão um selinho involuntário na encarada de um de seus combates.



Noticias ao minuto

Saúde| Conheça 7 mitos e verdades sobre o câncer infantojuvenil

Segunda causa de morte em crianças no país, só perdendo para acidentes, o câncer infantojuvenil é uma doença de evolução rápida, mas com rápida resposta ao tratamento, de acordo com a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE).
No Brasil são diagnosticados por ano aproximadamente 12 mil crianças e adolescentes com câncer e cerca de 70% destes pacientes possuem chances de cura se diagnosticados precocemente, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

No dia 15 de fevereiro, é comemorado o Dia Internacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil. Para a data, a SOBOPE elencou sete mitos e verdades sobre a doença para esclarecer a população, em decorrência das inúmeras dúvidas que surgem ao descobrir a doença.
Confira os principais mitos e verdades sobre o câncer infantojuvenil, de acordo com a SOBOPE:
1 - Os cânceres das crianças são iguais aos dos adultos.
Mito. Os cânceres mais comuns em adultos, como de pulmão e mama são parte de um grupo de cânceres chamados carcinomas, que são causados, em parte, por fatores ambientais/estilo de vida, quase nunca são vistos em crianças. Muitos cânceres infantojuvenis vêm de células do período em que o bebê ainda estava se desenvolvendo, nos estágios iniciais da gravidez.
2 – A culpa é dos pais.
Mito. Ninguém é culpado pelo câncer infantojuvenil e não há absolutamente nenhuma evidência científica que comprove que criação, atividades rotineiras ou dieta causem câncer em crianças e adolescentes.
3 – O câncer infantil é genético.
Depende. Ocasionalmente os cânceres da criança coincidem numa mesma família. Por exemplo, quando uma criança é diagnosticada com um tumor ocular raro, chamado retinoblastoma, a família será orientada se há necessidade de monitorar a doença em outro parente. Na maioria das famílias onde uma criança foi diagnosticada com câncer, haverá pelo menos outro membro familiar que já teve câncer, mas quase todos estes cânceres ocorrem ao acaso. A doença é causado por alterações nos genes que levam as células a se dividirem anormalmente. No entanto, estas mutações genéticas provavelmente só ocorreram naquele indivíduo.
4 – O câncer pode ser curado.
Verdade. Cerca de 70% dos cânceres infantojuvenis podem ser curados se diagnosticados precocemente. Hoje, a maior parte das crianças não somente é curada da doença, mas vive uma vida plena e ativa. Com o tratamento adequado, os pacientes entram em remissão, isto é, não apresentam mais sinais e sintomas da doença. Ao final de cinco anos após o diagnóstico em remissão, os pacientes são considerados curados.
5 – Criança com câncer não pode tomar vacinas.
Depende. As vacinas vivas, como as contra poliomielite, sarampo, caxumba, rubéola, varicela e febre amarela estão contraindicadas em crianças com câncer durante o período de tratamento quimioterápico, porque podem provocar infecção similar à natural, o que deve ser evitado em quem está com o sistema imunológico debilitado. Já as vacinas não vivas, como as contra coqueluche, tétano, difteria e hepatite B, pneumococo, haemophilus e influenza estão liberadas de acordo com cada paciente.
6 - Adolescentes com câncer podem congelar células reprodutivas.
Verdade. Mesmo sendo poucos os procedimentos que causam infertilidade, é possível que adolescentes em tratamento oncológico congelem células reprodutivas para poderem ter filhos no futuro.
7 – Crianças e adolescentes com câncer são mais suscetíveis a infecções.
Verdade. Pessoas em tratamento oncológico, como a quimioterapia, têm maior probabilidade de desenvolverem quadros infecciosos porque o sistema de defesa do organismo fica debilitado, o que dificulta para o paciente combater o processo infeccioso, permitindo que ele se instale e progrida.

Noticias ao minuto

Esporte| Fifa se torna alvo de nova investigação na Europa

Um ano depois de tomar posse no cargo máximo do futebol, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, não consegue tirar a entidade do foco de investigações. Agora foi o Conselho da Europa que anunciou a abertura de investigações sobre a entidade, sob a suspeita de que as promessas de reforma no esporte mais popular do planeta não ocorreram e que violações continuam a ser cometidas pela cúpula da Fifa.
O Conselho da Europa indicou que vai examinar se a Fifa está aderindo às boas práticas de administração e regras de boas condutas. Em fevereiro de 2016, ao assumir a presidência da entidade, Infantino deixou claro que o período de crises tinha "terminado" e que ele iria virar a página na história da Fifa, marcada pela prisão de cartolas em 2015.

Mas, para uma das representantes do Conselho da Europa, Anne Brasseur, essa reforma foi lenta e Infantino não fez um esforço suficiente para limpar a Fifa do escândalo que eclodiu com a prisão dos dirigentes em investigação liderada pelo FBI. Brasseur foi, até o ano passado, presidente da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa e ocupou o cargo de ministra dos Esportes de Luxemburgo. Hoje, ela preside o Comitê de Esportes do Conselho da Europa.
Criado depois da Segunda Guerra Mundial, o Conselho da Europa conta com 47 países e é tido como a principal organização no que se refere aos direitos humanos no continente.
Em entrevista à imprensa suíça, Brasseur indicou que a nova gestão da Fifa esvaziou o seu comitê de ética e ameaçou quem delatar problemas internos. "Sob a nova gestão, eu não vejo reformas", disse. "Se alguém quer revelar algum problema, ele corre o risco de ser demitido. Isso não contribui com a credibilidade", afirmou Brasseur.
A Fifa se defende, alegando que as demissões que ocorreram nos últimos meses fazem parte de uma reestruturação "natural" diante da chegada de uma nova administração. Dois advogados ainda foram contratados para tentar acalmar internamente um clima de tensão entre parte dos funcionários e que, no final de 2016, dava sinais de sair do controle.
Para Brasseur, ainda assim, o ritmo das reformas é "muito preocupante". Um dos pontos que ela promete examinar é a decisão de Infantino de introduzir uma modificação no estatuto permitindo que a cúpula da Fifa possa demitir o auditor independente da entidade e mesmo membros do comitê de ética.
Assim que a decisão foi tomada, em maio, o então auditor independente, Domenico Scala, pediu sua demissão, abrindo uma crise. Infantino também havia criticado o salário que iria receber como presidente, classificando o valor de "insultante". Por ano, ele recebe R$ 4,5 milhões.
Mas os problemas de Infantino não acabaram com a redução da independência dos órgãos de controle. A imprensa europeia revelou que ele tem usado jatos de empresários e mesmo de políticos russos em alguns de suas viagens, no que é visto por alguns membros da entidade como um conflito de interesse.
Os investigadores da Fifa chegaram a inocentar Infantino de qualquer irregularidade. Mas, segundo a emissora suíça SRF, ele teria voltado a pegar carona em um jato privado do ex-ministro dos Esportes da Rússia, Vitaly Mutko, no final de 2016. Com informações do Estadão Conteúdo.