"SUPLETIVO 2014 "

A partir do dia 31 de maio estará aberto o período de agendamento das provas do Exame Supletivo Online.

DE OLHO NOS DETALHES,VAGAS DE EMPREGO

Vagas disponível no SINE de Alto Taquari.

DISQUE 100

Não seja cúmplice desse crime, sexo com crianças e adolescente é crime.

CADASTRO POSITIVO

Empresa disponibiliza gratuitamente consultas nos órgãos de proteção ao crédito SPC.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Designer que reconstruiu a face de Santo Antônio em 3D estará em Alto Araguaia na próxima segunda (24)

Com formação em Marketing e em Metodologia do Ensino Superior, o designer em 3D, Cicero André da Costa Moraes, tornou-se referência no campo da reconstrução fácil no Brasil. Já expôs algumas de suas obras no Museu Egípcio na Itália e no Rosa Cruz no Peru e no ano de 2013 teve um de seus trabalhos publicados na revista Scientific American. Não esquecendo que ele integra a Equipe Brasileira de Antropologia Forense e Odontologia Legal Ebrafol.
Conhecido internacionalmente pelo seu trabalho reconstruindo o passado e o presente com o Blender 3D, Cícero André é quem fará a conferência magna da I Semana de Computação (SECOMP) com o tema “Computação Cientifica” que acontece entre os dias 24 a 28 de novembro acontece na Universidade do Estado de Mato Grosso,Campus de Alto Araguaia.
O evento é aberto a toda comunidade araguaense e em especial aos alunos do curso de Computação. Em todas as manhãs, haverá uma programação especial destinada aos alunos do Ensino Médio, onde serão realizadas palestras e minicursos.
Segundo os organizadores, o evento tem como objetivo expandir o conhecimento acadêmico e profissional dos docentes, discentes e profissionais da microrregião araguaense. Isso além, de “divulgar atividades de pesquisas desenvolvidas pelos professores e alunos dos cursos de computação e incentivar a pesquisa entre os acadêmicos”, argumentou o coordenador Prof. Me. Lucas Kriesel Sperotto.
Entre os palestrantes, se encontram professores das universidades da Região Centro-Oeste. Adriano Ferraz, Universidade Estadual de Goias (UEG); Adriel dos Santos Araujo, Me. Roger Resmini e Drª. Mara Andréia da Univesidade Federal de Mato Grosso (UFMT ). Cada um deles trará suas experiências nas áreas que atuam, como: web semântica, linguagem de Programação Phyton, tratamento das imagens médicas e agricultura de precisão.
O corpo docente da Universidade do Estado de Mato Grosso também dará sua contribuição em diferentes temáticas, como: computação científica, desenvolvimento de aplicações Java, software MATLAB – todas voltadas ao universo da Computação.  São eles: Caio Cesar Ensaide de Abreu, Max Robert Marinho, Lucas Kriesel Sperotto, Gleber Nelson Marques, Juvenal Silva Neto, Tiago de Jesus e Wesley Barbosa Theresa.
No último dia do evento os professores e alunos que tiveram seus trabalhos aprovados, irão apresenta-los no final e os melhores serão premiados e publicados no Caderno de Atividades do Departamento de Computação.
Confira aqui  a  programação  do evento.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Vereadores tecem criticas direcionadas ao prefeito de Alto Taquari em sessão

O município de Alto Taquari tem vivido desde o último semestre uma grande dificuldade financeira, ao menos essa é a principal resposta da Prefeitura Municipal diante das demissões em massa, corte de funcionários e descaso em alguns bairros e ruas da cidade. 

Esse abandono do município foi tema de muita discussão na última sessão ordinária da Câmara Municipal realizada nesta segunda-feira (17). A maioria dos vereadores teceram críticas direcionadas ao prefeito Maurício Joel de Sá (DEM).

Durante as falas no plenário, o vereador Leandro Alves (PDT), retratou sua indignação quanto a um poste que segundo ele está quase caindo e até agora nada foi feito.

“Não é problema novo, há anos que vem se arrastando. Falta força de vontade do Executivo em realizar o reparo”, destacou o parlamentar afirmando que caso o problema seja sanado, ele retornará ao plenário para elogiar.

Para o vereador João Fábio (PMDB) a gestão precisa se atentar a fiscalização de obras, já que estão atrasadas. “Vieram políticos no início do ano e prometeram a data de entrega em várias obras, porém até agora não vi nenhum movimento para a construção de uma piscina em uma escola que havia sido prometido, ninguém ainda conseguiu usar a feira municipal e a obra da rede de água continua parada há um ano”, pontuou o parlamentar.

João Fábio também faz um alerta para a falta de reajuste salarial dos servidores que não acontece desde 2013.

“Aqui é um faz de conta que paga e faz de conta que trabalha. Se não remunerar bem os servidores, logo eles estarão desqualificados e desmotivados para trabalhar. Consequentemente o serviço público piora”, relatou João Fábio durante a sessão.

A vereadora Marilda Garofalo Sperandio (DEM), também criticou a falta de reajuste. Ela afirma que espera que para o próximo ano, o aumento seja acima do índice inflacionário.

Antes de encerrar a sessão o presidente da Casa de Leis, Rubens de Almeida (SD), também citou as falhas descritas pelos colegas parlamentares. “Hoje a sessão foi só direcionada em críticas ao senhor prefeito”, diz Rubens.


 Fonte:  AgoraMT
 

Defensoria Pública de MT publica edital de concurso público com 109 vagas para nível médio e superior

A Defensoria Pública de Mato Grosso (DP-MT) publicou edital de concurso público destinado ao provimento de 109 vagas para funções de nível médio e superior. O documento está disponível no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta quinta-feira (18).

Do total de vagas, 80 são destinadas a cargos de nível médio – assistente administrativo ou assistente de gabinete - com remuneração inicial de R$ 1,5 mil para jornada de 40 horas semanais de trabalho, podendo chegar a R$ 3,8 mil no final da carreira.


Já para nível superior estão reservadas 29 oportunidades, para a função de analista, para graduados em diversas áreas, como Administração, Direito, Ciências Contábeis, Psicologia, Jornalismo e outras profissões.

O salário inicial é de R$ 3,9 mil, podendo chegar a R$ 9,5 mil no final da carreira, com jornada de 40 horas semanas de trabalho.

A banca organizadora é a Fundação Getúlio Vargas (FGV). As provas serão realizadas nos dia 8 de março de 2015, em Cuiabá. As inscrições vão de 24 de novembro a 5 de janeiro, com taxa de R$85.

Este é o primeiro concurso para provimento de cargos de apoio administrativo da Defensoria Pública de Mato Grosso. A instituição tem 15 anos de existência e ainda não possui servidores efetivos, exceto os Defensores Públicos e conta em seu quadro com 206 funcionários comissionados, sendo o concurso para servidores efetivos bastante aguardado.

Acesse AQUI o edital.


Fonte: OlharDireto

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Veículo roubado na Bahia é recuperado em Alto Taquari

Carro que estava abandonado no patio do PF/Foto: Ronaldo Teixeira
A Polícia Militar (PM) de Alto Taquari, recuperou nesta terça-feira (18), um veículo que estava abandonado no pátio do Posto Fiscal, localizado na MT-100, saída para Costa Rica – MS. Além de ser produto de roubo, a placa do veículo havia sido clonada.

De acordo com o policial civil Ricardo Brito, após denúncias anônimas, os policiais militares foram até o local e localizaram o veículo.
“O carro estava abandonado no local há cerca de dois dias, mas ninguém foi encontrado”, lembrou o policial.
Ricardo acrescenta que pela placa nenhuma irregularidade foi encontrada, entretanto, o chassi do veículo apontou que o carro se tratava de produto de roubo.
“O dono é um médico de Salvador – BA, ele conta que dois suspeitos armados o abordaram há quase dez dias. Ele ficou contente em saber que o veículo foi recuperado”, detalhou ele.
Agora a Polícia Judiciária Civil aguarda a vinda do proprietário para liberar o carro.
Fonte: AgoraMT

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Aplicativo evita postagens de 'bêbados' nas redes sociais

 
Um aplicativo ajuda os bêbados a evitarem “vergonha” nas redes sociais com mensagens sem sentido. É o app Drunk Locker (Bloqueador de Bêbado, em tradução livre), uma ferramenta que bloqueia as principais funções de um smartphone por um período determinado.
 
Esta não é a primeira ferramenta criada para evitar este tipo de vexame, mas a novidade dela é o bloqueio total das redes sociais. Ou seja, o aplicativo pode evitar que sejam enviados tuítes, snapchats, postagens no Facebook, Instagram ou, até mesmo, enviar mensagens SMS e por WhatsApp.

O Drunk Locker funciona ao inserir quantas horas o usuário planeja ficar bebendo – entre uma e dez horas. Durante este período estipulado, as funções do app ficam bloqueadas.
Por enquanto, este aplicativo funciona apenas para usuários de celular com o sistema Android.

Função social
 
Embora possa parecer uma brincadeira, o app – gratuito – é sério e tem sua função social. De acordo com a companhia criadora, a J&S Enterprises, o Drunk Locker é voltado pra o público jovem, em especial, os universitários.

Recentemente, sua equipe de criação entrou com uma proposta no site de financiamento coletivo (do inglês, “crowdfunding”), Indie Gogo, para criar uma funcionalidade no Drunk Locker que evite que pessoas dirijam bêbadas.

Para isso, eles pretendem adicionar opções como serviço de táxi, linha direta com a polícia e permitir certos contatos para fazer ligações de emergência às pessoas de sua lista.

Uma parcela das doações será encaminhada para a associação americana Mothers Against Drunk Driving (MADD ou, na tradução livre, Mães Contra a Direção Alcoolizada).

 
Fonte: Terra

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

EPIDEMIA DE DENGUE: MT tem oito cidades em alerta

 
Oito municípios de Mato Grosso estão em situação de alerta para epidemia de dengue, entre eles está a Capital, Cuiabá. Conforme o Levantamento Rápido de Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado ontem pelo Ministério da Saúde, o Índice de Infestação Predial (IPP), na capital, corresponde a 3,1. O estudo foi realizado no mês passado em âmbito nacional.

De acordo com o documento, é considerado estado de alerta, quando mais de 1% e menos de 3,9% dos imóveis pesquisados têm larvas do mosquito. Além de Cuiabá, a lista também inclui os municípios de Poconé, Arenápolis, Campo Novo do Parecis, Glória D’Oeste, Barra do Bugres, Mirassol D’Oeste e Nobres. A cidade de Araputanga é a única que aparece em situação de risco.

Conforme o último relatório divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), de 1º de janeiro a 30 de outubro de 2014, o Mato Grosso registrou 10.505 casos de dengue, onde cinco ocorrências de óbito foram confirmadas nos municípios de Cuiabá, Sinop, Rondonópolis, Alto Taquari e Alta Floresta.

Segundo a SES, Sinop registrou até agora 2.793 casos, mas não está citado entre as cidades que correm risco de epidemia ou em alerta. O mesmo está para Rondonópolis (603 casos) e Várzea Grande (443 casos). Cuiabá aparece no levantamento com o registro de 1.306 ocorrências.

Ao Diário, por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Saúde de Cuiabá, afirmou que só vai se manifestar sobre a situação nos próximos dias.

NOVA DOENÇA – O Ministério da Saúde confirmou que até o dia 25 do mês passado, 828 casos da Febre Chikugunya foram confirmados no território brasileiro, Mato Grosso é um dos estados onde a doença ainda não se manifestou.

O perigo é que ela também é transmitida pelo Aedes aegypti. Por isso, os cuidados devem ser redobrados.

No dia 15 de novembro, começa a campanha de combate às duas doenças. O slogan é “O perigo aumentou. E a responsabilidade de todos também”, por tanto, orientações à população serão divulgadas para evitar a proliferação dos mosquitos e alertar sobre a gravidade.

Por se tratar do mesmo transmissor, os cuidados são os mesmos.

Os sintomas do chikungunya são febre alta, dor muscular e nas articulações que costumam durar de três a 10 dias, a diferença entre as duas doenças e que no caso da chikungunya, as dores aparecem de forma mais intensa.

Para evitar a transmissão do vírus é necessário eliminar os criadouros dos mosquitos, as mesmas medidas que são utilizadas para a prevenção da dengue. 

Fonte: Diário de Cuiabá

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

TCE-MT emiti parecer prévio favorável à aprovação das contas anuais da Prefeitura de Alto Taquari

 
O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) emitiu parecer prévio favorável à aprovação das contas anuais de governo da Prefeitura de Alto Taquari, referentes ao exercício de 2013, sob a gestão do prefeito Maurício José de Sá. O processo foi relatado pelo conselheiro Antonio Joaquim, em sessão plenária do dia 30 de setembro.

Inicialmente, foram constatadas pela equipe técnica da Secretaria de Controle Externo (Secex) a existência de algumas falhas relacionadas às divergências entre os dados informados via sistema Aplic e as informações constantes nos documentos físcos encaminhados nas contas de governo. O Aplic é um sistema informatizado através do qual os jurisdicionados realizam a prestação de contas junto ao TCE-MT.

No entanto, considerou o conselheiro em seu voto, "é preciso valorar que essa falha não impediu os auditores de extraírem as informações necessárias para se obter a real noção das contas". Além disso, "não restou demonstrada qualquer intenção de mascarar alguma situação".

Ressaltou-se, também, que o prefeito cumpriu os percentuais constitucionais na área da educação e saúde e que as despesas com pessoal foram realizadas de acordo com os limites contidos na Lei Complementar 101/2000. Assim, em consonância com o parecer do Ministério Público de Contas de Mato Grosso (MPC-MT), lavrado pelo procurador-geral, William Brito, o conselheiro Antônio Joaquim votou pela aprovação prévia das contas de governo da Prefeitura de Alto Taquari.

Ainda, recomendou ao poder Legislativo do município para que cobre do gestor maior eficiência nos recursos destinados às políticas públicas e para que promova o correto e integral envio de documentos e dados pelo sistema Aplic. A decisão foi acolhida por unanimidade pelos demais conselheiros. 






 Fonte: Diário de Cuiabá