"SUPLETIVO 2014 "

A partir do dia 31 de maio estará aberto o período de agendamento das provas do Exame Supletivo Online.

OPORTUNIDADE DE EMPREGO

Vagas disponível no SINE de Alto Taquari.

DISQUE 100

Não seja cúmplice desse crime, sexo com crianças e adolescente é crime.

CADASTRO POSITIVO

Empresa disponibiliza gratuitamente consultas nos órgãos de proteção ao crédito SPC.

sábado, 30 de agosto de 2014

EM ALTO TAQUARI POLÍCIA DESARTICULA QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBO DE VEÍCULOS NA REGIÃO DE MS E GO

Na manhã deste sábado (30), uma ação conjunta entre a Policia Civil de Costa Rica com apoio da Policia Civil e Militar de Alto Taquari conseguiram  desarticular uma quadrilha especializada em roubo de veículos na região de Mato Grosso do Sul e Goiás.


Segundo o delegado adjunto Hoffman Dávila de Costa Rica- MS (90km de Alto Taquari), as investigações começaram a dez dias e somente hoje eles conseguiram de fato realizar as prisões. Ainda segundo informações dos onze envolvidos  apenas um conseguiu fugir do cerco policial. 


Junto com a quadrilha foram apreendidas quatro armas de fogo, uma moto titan vermelha, celulares e uma caminhonete L200 Triton que segundo o delegado seria usado para roubar veneno em uma fazenda da região. 


Como a maioria dos roubos foram praticados na cidade de Costa Rica- MS, todos os envolvidos  responderão por seus crimes no Estado de Mato Grosso do Sul. 


Segundo informações alguns dos integrantes já responderam ou respondem por outros crimes como tráfico de drogas, pequenos furtos.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

SALÁRIO MÍNIMO CHEGARÁ A R$ 788,06 EM 2015

A partir de 1º de janeiro de 2015, o salário mínimo deve ser R$ 788,06, segundo o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) 2015. Um reajuste de 8,8%. O anúncio foi feito hoje (29) pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, depois de entregar a proposta ao presidente o Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL). A ministra antecipou que o texto prioriza investimentos em saúde, educação combate à pobreza e infraestrutura.

A peça orçamentária traz uma mensagem da presidenta Dilma Rousseff com um diagnóstico sobre a situação econômica do país e suas perspectivas.

Pela Constituição, o prazo de entrega do projeto pelo Executivo termina no dia 31 de agosto. Mas, com a expectativa de conclusão da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define as metas e prioridades da administração pública federal, só na semana que vem, durante o esforço concentrado, o governo se antecipou. A LDO deveria orientar a elaboração da peça orçamentária.

“Coloquei toda a equipe do ministério [do Planejamento] à disposição, para os esclarecimentos necessários, para que o Congresso possa fazer uma análise rápida do Orçamento e votá-lo até o fim do ano, prazo que o presidente do Senado [Renan Calheiros], confirmou que é possível fazer”, explicou a ministra.

O Orçamento Geral da União (OGU) é formado pelo orçamento fiscal, da seguridade e pelo orçamento de investimento das empresas estatais federais. A Constituição determina que a proposta seja votada e aprovada até o dia 22 de dezembro.

No projeto de lei, também consta a estimativa para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 5%, no próximo ano.

A projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, ficou em 3% (R$ 5,756 trilhões).

O governo estima que o superávit primário para o setor público consolidado será R$ 143,3 bilhões, valor que corresponde a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Com o abatimentos, o superávit primário vai para R$ 114,7 bilhões, correspondentes a 2% do PIB.

O superávit primário é a poupança para pagar os juros da dívida que o governo seus credores. Na medida em que o país consegue alcançar as metas de superávits primários, tem condições de pagar dividas.

Fonte: IG

JUIZ OBRIGA ESTADO A CONSERTAR RODOVIA MT 100 E GOVERNO DIZ QUE TJ NÃO MANDA NO EXECUTIVO

O Governo de Mato Grosso tem 30 dias para dar início às obras de drenagem, recapeamento, recomposição de acostamentos e sinalização no trecho da MT-100 entre o município de Alto Araguaia (418 km de Cuiabá), que passa por Alto Taquari (480 km da Capital), e a divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul. A decisão é do juiz Carlos Augusto Ferrari, da Comarca de Alto Araguaia.
 
A ação civil pública foi proposta, inicialmente, pela Defensoria Pública do Estado, na qual era apontada a péssima conservação da estrada, com significativo número de buracos, além de valetas no acostamento. A situação, segundo relatava, conferia ao trecho o nome de “estrada da morte”, devido à quantidade de acidentes com vítimas fatais.
 
O Ministério Público do Estado (MPE), no entanto, teve liminar concedida, onde foi acabou reconhecida a ilegitimidade da Defensoria em propor a ação. Na mesma decisão, foi determinado ao governo que apresentasse um cronograma de obras com sua conseqüente realização.
 
Em sua defesa, o Estado de Mato Grosso alegou que não havia inércia de sua parte quanto ao caso e, ainda, que o Judiciário não teria a prerrogativa de intervir nos assuntos do executivo estadual.
 
Na sentença, o juiz relatou a publicação de diversas notícias na região com promessas há anos não cumpridas pelo governo, de modo que, por esse motivo, inexistem garantias de segurança pública e que garantam o direito de ir e vir com segurança no local.
 
O magistrado também afirmou que não há outro meio de obter a declaração de obrigação e obter o “bem material da vida” pretendido, exceto pela ação proposta.
 
“Cabe registrar que a opção em fazer uma rodovia ou duplicá-la, construí-la com túneis ou pontes, pela cidade ‘x’ ou pela cidade ‘z’ é de juízo e conveniência do administrador, devendo os Poderes Judiciário e Legislativo evitar a invasão de poderes, entretanto, a Administração se sujeita à Constituição e às Leis do país, não sendo uma opção cumpri-las ou não. Cuidar do patrimônio público ou não”, diz trecho dos autos.
 
A decisão também determina, sob pena de multa, que o Governo de Mato Grosso conclua os trabalhos de revitalização da rodovia no prazo de 180 dias, contados a partir da data da liminar, se mantida, ou desde o trânsito em julgado se cassada no mérito de agravo pendente.
 
Fonte: ReporterMT

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

DESEMPENHO DE MARINA NO DEBATE IMPRESSIONA EQUIPE DE DILMA

O desempenho da ex-senadora Marina Silva no primeiro debate presidencial na TV, realizado na noite desta terça-feira pela Band, impressionou a alguns interlocutores da presidente Dilma Rousseff.

Petistas comentavam, antes mesmo de terminada  a transmissão, que Marina se saiu bem no embate com a presidente. Chamou a atenção o discurso da candidata do PSB de “unir o Brasil”, considerado forte pelos petistas.

Outro ponto da fala de Marina que chamou a atenção foi a menção, em mais de uma ocasião, às manifestações que ganharam as ruas em junho do ano passado. Logo na primeira oportunidade que teve de perguntar aos adversários, Marina escolheu Dilma e abordou os “pactos” lançados pela presidente na época.

As promessas feitas por Dilma no auge dos protestos sempre foram uma preocupação da campanha de Dilma. Desde a largada da disputa presidencial, o manqueteio João Santana orientou Dilma a se municiar de respostas sobre os resultados dos cinco pactos que anunciou.

A presidente, de acordo com interlocutores, seguiu à risca a orientação da equipe de comunicação da campanha e se saiu exatamente como esperado no debate.

Fonte: IG

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

INSS COMEÇA A PAGAR HOJE PRIMEIRA PARCELA DO 13º SALÁRIO

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) inicia a partir desta segunda-feira (25) o pagamento da primeira parcela do 13º salário aos aposentados e pensionistas. Os segurados que ganham até um salário mínimo (R$ 724) e possuem cartão com final 1 serão os primeiros a receber.

Nesta primeira parcela, não será descontado o Imposto de Renda (IR), que será cobrado no mês de dezembro, momento do pagamento da segunda parcela do 13º, de acordo com a legislação. O calendário de pagamento deste mês segue até o dia 5 de setembro.

A primeira parcela será depositada junto com os benefícios de agosto, assim como a antecipação de metade do abono de Natal. A segunda parte incluirá a diferença entre o total do abono anual e a parcela antecipada, paga com os benefícios de novembro.

De acordo com a Previdência, a primeira parcela do 13º paga pelo INSS somará mais de R$ 13,9 bilhões. Mais de 27 milhões de pessoas terão direito ao pagamento do abono de Natal.

 A folha de agosto vai pagar mais de 31 milhões de benefícios previdenciários, um investimento superior a R$ 29 bilhões nas cidades. Essa diferença entre a quantidade de benefícios da folha e o número do abono natalino ocorre pelo fato de nem todos os segurados do INSS terem direito ao 13º.

Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem teve o benefício concedido após o mês de janeiro deste ano. Para esse grupo, o valor será calculado proporcionalmente aos meses entre a concessão e este mês.

Aposentados e pensionistas podem acessar a internet para ver se o pagamento está disponível na página do ministério e nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado conferir o valor do pagamento dos benefícios. O serviço é resultado do contrato entre o INSS e as instituições financeiras.
 

sábado, 23 de agosto de 2014

ALGUNS MORADORES DE ALTO TAQUARI TEM A PRIVACIDADE VIOLADA ATRAVÉS DO SECRET

Em maio deste ano uma polêmica chamou a atenção da população de Alto Taquari, após um vídeo íntimo de um casal ter vazado na rede (leia aqui). O exemplo do vídeo não foi o suficiente para que as pessoas fiquem atentas quanto ao risco de tirar ou gravar vídeos íntimos com seus celulares.


Como não bastasse as polêmicas envolvendo o aplicativo  whattsapp, agora é a vez do Secret aplicativo que promete o anonimato para que seus usuários compartilhem segredos. Mas o que era para ser um mural de desabafos está transformando a internet em uma rede de intrigas. E em todo o Brasil surgem vítimas desse novo cyberbullying.


Por determinação do juiz Paulo Cesar de Carvalho, da 5ª Vara Cível de Vitória (ES), o aplicativo terá que ser retirado da lojas do Brasil, e a Apple, Google e Microsoft já foram notificadas podendo recorrer. 


SECRET EM ALTO TAQUARI 


As lojas terão um prazo de dez dias para acatarem a decisão judicial, enquanto isso, os usuários taquarienses estão usando o aplicativo para postarem fotos sensuais de pessoas populares na cidade, como por exemplo, a da Miss Taquari 2014. 


Entre uma fotos e outra surge alguns post comparando o atual  governo municipal com o anterior, post  falando de alguns comércios, no entanto, o que mais rende curtidas são aqueles que prometem revelar a sexualidade das pessoas. 


Enquanto o aplicativo não é bloqueado as pessoas populares tornam vitimas e as anônimas continuam anônimas. 


sexta-feira, 22 de agosto de 2014

HACKERS QUEBRAM ANONIMATO DE USUÁRIOS DO SECRET

O aplicativo Secret, que permite aos usuários compartilhar mensagens de forma oculta, teve a segurança de seu serviço colocado em xeque. Dois hackers americanos, Benjamin Caudill e Bryan Seely, conseguiram descobrir os autores de posts publicados no aplicativo.

Os dois identificaram os nomes de amigos de sua rede (usuários do app) e revelaram, inclusive, uma publicação feita pelo fundador do Secret, David Byttow. No post, Byttow diz: "Lucy não é a cachorra mais fofa?".
 
 Depois de meses de pesquisa, os hackers descobriram como ler o que seus contatos postavam no aplicativo. "Foi como colocar um gravador em um confessionário", disse Caudill, que também é CEO da empresa Rhino Security Labs, especialista em cibersegurança.

Para quebrar o aparente anonimato dos usuários do app, os especialistas usaram uma falha de segurança do aplicativo -- segundo o Secret, o problema foi resolvido. 

Em entrevista à revista Wired, o CEO Byttow afirmou que o seu aplicativo não garante o anonimato. "Não podemos dizer que você estará completamente seguro e anônimo todo o tempo", disse o executivo. 

Esta não é a primeira vez que um white hat — hacker do bem, que avisa uma companhia sobre falhas de segurança — identifica bugs no Secret. De acordo com a publicação, 38 especialistas descobriram mais de 42 falhas desde fevereiro.

Brasil — A distribuição do aplicativo Secret nas lojas on-line Google Play e App Store, da Apple, está proibida pela Justiça brasileira. A decisão liminar, da qual ainda cabe recurso, foi expedida pelo juiz Paulo Cesar de Carvalho, da 5ª Vara Cível de Vitória, no Espírito Santo, no início da semana. O magistrado alega que o programa viola o artigo 5º da Constituição Brasileira, que diz que "é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato".

Fonte: VEJA