Procurando um emprego ?

Veja aqui as vagas disponíveis no SINE.

DISQUE 100

Não seja cúmplice desse crime, sexo com crianças e adolescente é crime.

CADASTRO POSITIVO

Empresa disponibiliza gratuitamente consultas nos órgãos de proteção ao crédito SPC.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Educação| MEC abre seleção para cursos do programa Idiomas sem Fronteiras

Com informações do Notícias ao Minuto 
O Ministério da Educação abre, nesta terça-feira (22), o edital com o cronograma do processo seletivo para os cursos presenciais do programa Idiomas sem Fronteiras (IsF).
Nesta edição, são vagas para os cursos de línguas alemã, espanhola, francesa, italiana, japonesa e de português como língua estrangeira. As aulas serão ofertadas pelos Núcleos de Línguas (NucLi-IsF) das universidades federais credenciadas pelo Idiomas sem Fronteiras.
Os cursos variam de 16 a 48 horas, e as vagas são ofertadas a estudantes, docentes e técnicos administrativos das universidades federais cadastradas como Núcleo de Línguas e que ofertam os idiomas relacionados.
Serão feitas três ofertas de vagas. O prazo de inscrição da primeira oferta começa nesta terça-feira (22) e termina no dia 31 de agosto. O início dos cursos para os selecionados nesta chamada será no dia 18 de setembro.
As inscrições para a segunda oferta começam no dia 26 de setembro e terminam no dia 5 de outubro. As aulas terão início no dia 23 do mesmo mês. Já a terceira oferta de vagas abre o processo seletivo no dia 1º de novembro e encerra no dia 10. Os cursos terão início no dia 27 de novembro.
Cada universidade realizará reuniões de orientação antes do início das aulas para confirmar a matrícula e o nivelamento dos alunos. O candidato selecionado que não participar da reunião estará automaticamente desclassificado para a realização das aulas. A íntegra do Edital está disponível no portal do Idiomas sem Fronteiras. Com informações do Portal Brasil. 

Saúde| Instituto vai operar bebês com sequelas de infecção por zika

Com informações do Notícias ao Minuto 
Pais de bebês com Síndrome Congênita Associada à infecção pelo vírus zika podem buscar tratamento cirúrgico no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), unidade do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro. Vinculada ao Sistema Único de Saúde (SUS), a unidade começou a operar as crianças que nasceram com problemas ortopédicos graves nos pés, pernas, quadris e mãos.
“É importante notar que a síndrome congênita do vírus zika é algo novo para todos. Estudamos caso a caso e o que fazer de melhor pelos bebês. São crianças que têm normalmente contraturas acentuadas dos músculos, que nem sempre nascem e aparentam de início esses problemas. As articulações podem sair do lugar à medida em que os bebês vão crescendo e começam a fazer os primeiros movimentos para sentar, engatinhar ou caminhar”, esclareceu o chefe da ortopedia pediátrica do Into, Pedro Henrique Mendes.
O problema surgiu em 2015, quando grávidas foram infectadas pelo vírus. Uma criança já passou pela cirurgia corretiva no Into e outras seis se preparam para a operação e passam por processo especial de fisioterapia pré-cirúrgica.

Esporte| Rodada desta quarta tem Copa do Brasil, Champions e muito mais

Com informações do Notícias ao Minuto
A rodada desta quarta-feira (23) promete tirar o fôlego dos fãs de futebol, a começar pelos jogos de volta das semifinais da Copa do Brasil. Depois de um empate sem gols na partida de ida no Engenhão, Flamengo e Botafogo voltam a se enfrentar, desta vez, no Maracanã, a mando do time rubro-negro. Se o duelo terminar empatado em 0 a 0, a vaga na final será decidida nos pênaltis. Mas em caso de empate com gols, a equipe alvinegra avança, pois terá balançado as redes na casa do adversário.
Do outro lado, no Mineirão, Cruzeiro e Grêmio também duelam por uma vaga na decisão da competição nacional. No jogo de ida, o tricolor gaúcho venceu a Raposa por 1 a 0, em Porto Alegre, e vai para o confronto com a vantagem.
Enquanto isso, na Arena Condá, em Santa Catarina, a Chapecoense recebe o Corinthians pelo Brasileirão. O jogo é válido ainda pela 20ª rodada da competição. A partida fora adiada por conta da turnê do time catarinense pela Europa e Ásia.
Além dos jogos pelo Brasil, a bola vai rolar também na Europa, com grandes duelos pelos playoffs da Liga dos Campeões da Europa. O Liverpool do brasileiro Firmino estará em campo.
Confira abaixo os principais jogos do dia:
Copa do Brasil - Semifinais
Flamengo x Botafogo - 21h45
Cruzeiro x Grêmio -  21h45
Campeonato Brasileiro
Chapecoense x Corinthians - 19h30
Liga dos Campeões da Europa - Playoffs
Copenhague x Qarabag - 15h45
Steaua Bucareste x Sporting Portugal - 15h45
Liverpool x Hoffenheim - 15h45
CSKA Moscou x Young Boys - 15h45
Slavia Praga x Apoel - 15h45
Copa Sul-Americana
Nacional-PAR x Estudiantes - 21h45

Política| PF isenta Dilma em investigação sobre obstrução de Justiça

Com informações do Notícias ao Minuto 
A Polícia Federal não encontrou indícios de que a indicação do ministro Marcelo Navarro para o STJ (Superior Tribunal de Justiça) tenha sido uma maneira de atrapalhar as investigações da Lava Jato, apurou a reportagem.
Com isso a PF isenta a ex-presidente Dilma Rousseff, o empresário Marcelo Odebrecht, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e o ministro do STJ Francisco Falcão, além de Navarro, da suspeita de crime de obstrução da justiça.
O inquérito foi aberto no ano passado a partir de da delação premiada do ex-senador pelo PT Delcídio do Amaral (MS).
A conclusão do relatório já era esperada por pessoas ligadas à investigação. A PF teve dificuldades em conseguir provas das declarações feitas por Delcídio.
A PF não sugere o arquivamento da investigação relativa a Navarro, mas, ao informar que não encontrou indícios de prova, o relato equivale a uma recomendação de arquivamento.
O relatório é sigiloso e foi encaminhado ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF. Agora, a Procuradoria-Geral da República deve se manifestar sobre o caso.
A PF também recomenda o desmembramento da investigação relativa ao ex-ministro Aloizio Mercadante, para que o caso seja investigado fora do Supremo, no âmbito da Justiça Federal do Distrito Federal, já que não há o envolvimento de pessoas com foro privilegiado.
SUSPEITAS
Em sua delação, Delcídio afirmou que o governo da petista deflagrou uma ofensiva nos tribunais superiores para influenciar nos desdobramentos da Lava Jato e garantir, por exemplo, a liberdade de grandes empreiteiros.
A nomeação de Navarro para o STJ faria parte dessa trama. Cardozo e Falcão teriam auxiliado nessas ações, sob o compromisso de que o novo ministro votasse pela soltura de presos da operação.
Já Mercadante passou a ser investigado porque foi gravado em uma conversa com um assessor de Delcídio oferecendo ajuda para soltar o senador.
Segundo depoimento do ex-senador, Mercadante teria atuado a pedido de Dilma para tentar impedir que Delcídio fechasse acordo de delação premiada.
Delcídio também implicou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seus relatos. Ele é suspeito de articular com senadores para atrapalhar a Lava Jato.
No entanto o Ministério Público Federal no Distrito Federal pediu à Justiça o arquivamento dessa investigação.
Segundo Delcídio, Lula o convidou para uma reunião no Instituto Lula, em 2015, juntamente com os senadores Edison Lobão (PMDB-MA) e Renan Calheiros (PMDB-AL), com o objetivo de frear a operação. Com informações da Folhapress.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Brasil| Mudança no registro de nascimento pode ser votada hoje no Senado

Com informações do Notícias ao Minuto
Os responsáveis por crianças moradoras de municípios sem maternidade poderão colocar na certidão de nascimento a cidade de residência da mãe, como naturalidade da criança, e não o local onde foi realizado o parto. As informações são da Agência Brasil.
Essa possibilidade está em vigor desde o dia 26 de abril quando o presidente Michel Temer editou uma medida provisória sobre o tema, mas para se tornar lei, a medida, que foi aprovada pela Câmara dos Deputados, ainda depende de uma votação final no plenário do Senado. A matéria é o primeiro item da pauta.
A estimativa é que 41% dos municípios brasileiros se enquadrem nessa situação. Também no registro de casamento passa a constar a naturalidade dos cônjuges em substituição ao lugar de seu nascimento.
"Recebemos inúmeras pessoas procurando essa possibilidade no interior do Brasil, os cartórios estão preparados para isso. Nós achamos que foi uma medida boa que vai levar autoestima aos cidadãos", avaliou Leonardo Munari, diretor da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo.
A MP foi aprovada em comissão mista na forma do texto apresentado pela relatora, a senadora Regina Souza (PT-PI), que recebeu a denominação de PLV 24/2017 e dispensa a consulta ao Ministério Público antes de averbações nos registros de todos os documentos nos cartórios.
As averbações são observações de mudanças determinadas por juiz ou por ocorrência de fatos nas vidas das pessoas, como casamento e divórcio, por exemplo.
Com a mudança, o parecer do Ministério Público será solicitado pelo oficial do cartório somente se ele suspeitar de fraude, falsidade ou má-fé nas declarações ou na documentação apresentada.
O oficial terá ainda de indicar, por escrito, os motivos da suspeita. Com informações da Folhapress.