"SUPLETIVO 2014 "

A partir do dia 31 de maio estará aberto o período de agendamento das provas do Exame Supletivo Online.

DE OLHO NOS DETALHES,VAGAS DE EMPREGO

Vagas disponível no SINE de Alto Taquari.

DISQUE 100

Não seja cúmplice desse crime, sexo com crianças e adolescente é crime.

CADASTRO POSITIVO

Empresa disponibiliza gratuitamente consultas nos órgãos de proteção ao crédito SPC.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Presidenciáveis participam hoje do último debate na TV e vão responder perguntas de indecisos

 
Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) vão responder perguntas de eleitores indecisos no debate da Rede Globo, que será realizado às 22h10 desta sexta-feira. O encontro é o quarto e último do segundo turno da disputa presidencial. 
 
Com duração prevista de uma hora e 50 minutos, o debate será dividido em quatro blocos. No primeiro e no terceiro blocos, o tema será livre, com os candidatos podendo perguntar o que bem entenderem um ao outro. Nos outros dois blocos, os presidenciáveis responderão a oito perguntas elaboradas por parte dos 71 eleitores indecisos selecionados pelo Ibope que estarão na plateia. 

No último bloco, cada um dos candidatos à Presidência da República poderá fazer suas considerações finais. Dilma Rousseff e Aécio Neves, de acordo com as regras, poderão circular pelo estúdio durante as respostas. 



quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Já estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Secretária de Educação em Alto Taquri

 
A Secretaria Municipal de Educação de Alto Taquari abriu nesta segunda-feira (20), as  inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para a contratação temporária em diversos cargos. As inscrições estarão abertas  até o dia 30.

Segundo o edital estarão disponíveis vagas para os seguintes cargos, professores e auxiliares de desenvolvimento, facilitadores de artes, inspetores de alunos e fiscais de alunos e monitores de educação infantil de excepcional, com salário que variam entre R$916,29 a R$ 1.374.40.

Clique aqui e confira o edital. As inscrições devem ser feitas a partir da segunda-feira (20), na Secretária Municipal de Educação.

Após denúncia, Vigilância interdita consultório odontológico em Alto Taquari

 
Após uma denúncia os Fiscais da Vigilância Sanitária (VISA) de Alto Taquari chegaram a um consultório odontológico situado no bairro 13 pontos, onde o mesmo teve suas portas lacradas por falta de documentações, licença para funcionamento e higienização.
 
Segundo coordenadora da VISA, Ivonete de Lima, ao ser comunicada sobre a vistoria a dentista que também é proprietária do consultório agiu normalmente e acompanhou todos os procedimentos realizados pelos fiscais.

Ivonete relatou ainda que durante a vistoria os fiscais fizeram a apreensão de materiais cujas as embalagens impossibilitavam a identificação do produto além da presença de alguns produtos vencidos.  “E o mais grave foi ver que os materiais utilizados durante os procedimentos nos pacientes não eram higienizados e esterilizados da forma correta, colocando assim em risco a saúde do cliente”, disse.

Ainda segundo a coordenadora após o preenchimento do auto termo de vistoria a proprietária do consultório assinou e recebeu uma via, logo em seguida, a mesma foi informada que o consultório seria interditado e que só poderá ser reaberto após ser colocado em prática todas as exigências descritas nos autos de notificação, laudo técnico, laudo de apreensão e interdição.

A população de Alto Taquari pode colaborar com a VISA municipal através do Disque Denúncia 066 3496 1796, que funciona de segunda-feira a sexta- feria das 07h às 17h.


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Desmaio forçado: 'brincadeira' famosa entre jovens pode ser fatal

 
"Pense duas vezes." Essa é a principal mensagem que o surfista sul-africano Shaun Tomson tenta transmitir em suas palestras motivacionais direcionadas a jovens. "Pense duas vezes" é o que ele gostaria de ter dito ao filho, Mathew, em 2006, antes que o adolescente de 15 anos tomasse a fatal decisão de praticar a "brincadeira do desmaio", como tem sido chamada pelos adolescentes a prática da interrupção voluntária de oxigênio ao cérebro, com o objetivo de provocar desmaio, vertigens e sensação de euforia. A prática não é nova, mas tem preocupado pais, professores e médicos por conta de sua disseminação pelas redes sociais.

Assim como o sul-africano Tomson, a norte-americana Judy Rogg também tem se dedicado a conscientizar adolescentes e suas famílias a respeito dos perigos dessa prática desde a morte do filho, Erik, em 2010. No site Erik's Cause (em inglês), ela publica pesquisas e orientações sobre o tema e mantém uma lista de outros grupos engajados na mesma causa.

Ao fazer um bloqueio da respiração por alguns segundos, pressionando o peito ou o pescoço, os jovens buscam desafiar a morte e experimentar estados alterados de consciência. "A queda da oxigenação do cérebro leva a espasmos musculares, dormência dos membros, tontura, vertigens e desmaio. Quando há retorno da oxigenação, tem-se a sensação de euforia, semelhante à obtida com o uso de drogas ilícitas", afirma Filumena Gomes, pediatra no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

Mas, assim como ocorreu com Mathew, sempre existe o risco de o adolescente não voltar do desmaio induzido. "A falta de oxigênio pode levar a lesões graves, como paradas cardiorrespiratórias, convulsões e provocar a morte. A repetição dessa prática pode, ainda, causar uma lesão cerebral irreparável, com paralisia motora e perda de certas habilidades neurológicas", diz Filumena. Problemas de memória e atenção também são consequências possíveis da "brincadeira".

A neuropediatra Alessandra Freitas Russo, mestre pela Faculdade de Medicina da USP e doutoranda em psicologia, salienta que o cérebro humano é extremamente dependente de glicose e oxigênio. Por isso, qualquer privação pode ser muito prejudicial.
"Algum mal sempre fará. Mas é difícil prever a extensão, pois isso depende da sensibilidade de cada um", fala Alessandra. O acidente fatal pode ocorrer mesmo com adolescentes saudáveis.

Viciados em perigo

Casos de mortes de adolescentes que se envolveram nessa "brincadeira" já foram registrados em vários países. Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, entre os anos de 1995 e 2007, pelo menos, 82 crianças e adolescentes, com idades entre seis e 19 anos, morreram no país por causa da prática, que é conhecida como "choking game" ou jogo do choque, em tradução livre.

Na França, desde 2000, existe uma associação de pais de vítimas de acidentes por estrangulamento, a APEAS (sigla do nome em francês, Association de Parents d'Enfants Accidentés par Strangulation), que registra uma média de dez mortes por ano. A associação hospeda-se no site Jeu du Foulard, cuja tradução é "jogo do lenço", pois a prática mais popular naquele país consiste em um estrangulamento com o uso de um laço em torno do pescoço.

No Brasil, não existem estatísticas de mortes de adolescentes por asfixia, mas a Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul já divulgou um artigo alertando para os riscos da prática. Além dos danos da hipóxia (diminuição da oxigenação) no cérebro, a entidade chama a atenção para a possibilidade de hematomas e traumatismo craniano, por causa da queda do jovem ao desmaiar, e para o risco de dependência da sensação de euforia que ocorre no momento pós-desmaio. Essa dependência pode ocorrer por causa da liberação de neurotransmissores que causam uma sensação de prazer e cujo processo químico está associado à experimentação de emoções fortes.

"A prática desse comportamento de risco pelos jovens tende a ser de repetição", declara a pediatra Filumena, referindo-se a um relatório emitido, em 2012, pelo Crime Victims' Institute. Segundo o instituto de pesquisa, vinculado ao Sam Houston State University, dos Estados Unidos, 72% dos adolescentes praticaram o arriscado jogo mais de uma vez, o que multiplica as chances de um acidente grave.

"Por isso, ao terem notícia de que uma criança ou jovem está se submetendo a esse risco, pais e professores devem dar assistência. Muitas vezes, será necessário acompanhá-lo em atendimento psicológico", afirma a especialista. 

Para a psicóloga Vera Zimmermann, coordenadora do Centro de Referência da Infância e Adolescência da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), é comum no adolescente a necessidade de medir limites. "Diante das mudanças pela qual está passando, saindo da infância e se dirigindo à vida adulta, é importante para o jovem provar quem é e do que é capaz. A sociedade, hoje, tem poucos rituais de passagem e, para desenvolver a autoestima, ele precisa de situações que lhe darão a certeza de sua capacidade", diz Vera.

A família e a escola também podem ajudar, buscando a adesão do adolescente em projetos nos quais ele possa provar suas capacidades, estabelecer conquistas e cultivar ideais. A pediatra Filumena Gomes destaca que a conduta perigosa, geralmente, está associada a outros problemas comportamentais, como dificuldade de controlar os impulsos, conflito com pais e escola, sexo desprotegido e consumo de drogas.

"Temos de identificar as crianças sob risco e realizar intervenções o mais rapidamente possível. Elas devem ser monitoradas de uma forma amigável, sem recriminações, por pais e professores".

Fonte: IG

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Agencias Bancarias de Alto Taquari irão atender no horário de Brasília



A 39ª edição do horário de verão terá duração de 126 dias e terminará no dia 22 de fevereiro. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de dez estados, além do Distrito Federal, adiantaram os relógios em uma hora. Apesar de Alto Taquari permanecer com os relógios atrasados em uma hora, os bancos da cidade irão atender no horário de Brasília, conforme comunicados anexados nas portas das agências.


Mesmo com o Estado todo aderindo ao horário de verão Alto Taquari escolheu permanecer com os ponteiros atrasados em uma hora, ou seja, desde que iniciou o horário de verão, no dia 19, o município passou a usar o horário de Mato Grosso. 


Segundo os comunicados das agências, as mesmas funcionarão da seguinte maneira, das 09h ás 14h horário de Mato Grosso.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Nova Unidade de Saúde em Alto Taquari deve ficar pronta em dezembro

 
O Ministério da Saúde através do Programa Requalifica contemplou o município de Alto Taquari com mais uma Unidade de Saúde Familiar III (USF), que está sendo construída no bairro Coachol, onde atenderá cerca de três mil pessoas.

A unidade atenderá a população taquariense em especial as famílias que moram nas fazendas em torno de Alto Taquari. Hoje o município conta com duas USF, para atender os 8.072 habitantes, as unidades estão instaladas no centro da cidade e outra no bairro 13 pontos.

Além das consultas médicas, as Unidades de Saúde Familiar oferecem atendimento odontológico, coleta de preventivos, vacinas, distribuição de remédios entre outras ações, tudo gratuitamente.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que para a construção da obra foram gastos R$ 450 mil, sendo R$ 50 mil de contrapartida do município e está previsto para ser entregue no fim deste ano.

Para os moradores do bairro a construção deste novo USF ajudará e muito no processo de consultas e com novos profissionais o atendimento será mais ágil.  “Além de facilitar o acesso, acredito que ajudará em muito na questão de atendimento e consultas, uma vez que hoje as unidades existentes às vezes não sobram vaga para atendimento, mas com essa nova unidade tudo vai melhorar”, disse o técnico em enfermagem e morador do bairro Coachol Robson Esmerino da Silva.

Já para a comerciante Dinete Maria esta nova unidade fará toda diferença na cidade, uma vez que a cidade está crescendo e juntamente sua população o que acarreta nesta necessidade de uma nova escolha para se tratar a saúde.




quinta-feira, 16 de outubro de 2014

3° Gincana Social JSL premiará as equipes vencedoras com R$20 mil reais

 
A unidade Júlio Simões Logística(JSL) de Alto Taquari está participando da 3° Gincana Social JSL que premiará com R$20.000,00 (vinte mil reais) as quatro melhores equipes que se destacarem na realização de cada etapa da gincana. E os prêmios terão que ser doados às instituições nomeadas pelas unidades vencedoras.   


A ação social é voltada e exclusiva para colaboradores da empresa e o objetivo é fomentar a cultura de voluntariado na empresa, contribuindo para a integração entre colaboradores, empresa e comunidade.


A gincana é dívida em duas etapas, onde a primeira que teve início no dia 03 e vai até o dia 27 de outubro cujo o objetivo é a arrecadação e doação de livros e brinquedos. Já na segunda etapa que terá início no dia 03 a 24 de novembro tem como finalidade a arrecadação e doação de alimentos, todas as arrecadações serão doadas ás organizações sociais do município. 


E para ajudar na pontuação a cada membro da equipe que estiver envolvido voluntariamente em algum projeto social, a equipe ganhará 100 pontos a serem contabilizado no final da gincana. 


Segundo informações os prêmios e as arrecadações durante a gincana serão doados a uma instituição da comunidade, a ser definida no final de cada etapa.  


No final vencerá a equipe que tiver a maior pontuação, lembrando que cada doação deverá ser comprovada através do envio dos comprovantes aos organizadores para contabilizar e validar os pontos. 


A população de Alto Taquari também pode colaborar com esta causa fazendo suas doações junto a empresa através do telefone (66) 99012976, sempre lembrando que se a unidade de Alto Taquari se destacar e ganhar algum prêmio a cidade ganha junto. 


Prêmios 


Todo o valor será destinado a instituição escolhida pelas equipes campeãs, no entanto, antes da entrega dos prêmios às instituições escolhidas passarão por uma avaliação do Instituto Júlio Simões. 


1° Lugar – R$ 10 (dez mil reais)

2° Lugar – R$ 5 (cinco mil reais)

3° Lugar – R$ 2,5 (dois mil e quinhentos reais)

4° Lugar – R$ 2,5 (dois mil e quinhentos reais)