;

Especiais

Alto Taquari| Em entrevista prefeito fala em devolver RGA até fevereiro de 2018 com data retroativa

Prefeitura de Alto Taquari. Foto: Aparecido Marden
Em entrevista concedida ao Alto Taquari em pauta, na tarde desta quinta-feira (14), o prefeito Fábio Garbugio falou sobre o corte da Revisão Geral Anual (RGA) e das Elevações de Níveis dos servidores municipais de Alto Taquari.  De acordo com o prefeito a folha estava 59,6% entre Janeiro a Agosto, uma vez que o normal é 51%.

A visita do Tribunal de Contas de Mato Grosso ao município foi realizada após o próprio prefeito solicitar a análise das contas  do Paço Municipal.

“Detectamos este impacto que houve na folha de pagamento desde agosto quando assumimos, então buscamos uma solução junto ao TCE, que analisa e julga as contas e eles realmente detectaram que havia sim o aumento da folha e propôs algumas soluções”, disse Fábio Garbugio.

Entre as soluções apresentadas pelo Tribunal de Contas, estava a demissão dos cargos contratados e comissionados e posteriormente caso não atingisse o impacto esperado, realizar a suspensão do RGA e Elevações de Níveis.

“Primeiro ou diminuiria os cargos comissionados ou a redução do salário, optamos em diminuir em 20% do salário dos comissionados, mesmo assim não houve o impacto necessário, então optamos seguir a determinação do TCE e suspendemos o pagamento do RGA e das Elevações de Niveis” explicou.

Ainda durante a entrevista, Fábio Garbugio falou que até fevereiro do próximo ano irá devolver o RGA aos servidores se for possível com a data retroativa de novembro e dezembro, os meses que o pagamento foi suspenso, “ é direito do servidor, após o impacto da folha, quero repor isso, se pudermos quero mais ainda, devolver com data retroativa de novembro onde tirei”.


“Não é promessa, se estivermos dentro dos indicies vou devolver o dinheiro dos servidores,” concluiu. 

Confira a entrevista completa aqui