;

Especiais

Alto Taquari| MP ajuíza três ações de improbidade contra Prefeito


A Promotoria de Justiça de Alto Taquari ajuizou mais três ações civis por improbidade administrativa contra o prefeito do município, Fábio Mauri Garbugio (PTB). Desta vez a ofensiva do Ministério Público (MP) se dá pela desobediência do prefeito em não cumprir a determinação do MPE, conforme diz nos SIMP’ nº000494-046/2018; 000492-046/2018 e no SIMP nº000493-046/2018. As três ações se referem aos cargos comissionados classificados como nepotismo.  

De acordo com o Promotor de Justiça, o prefeito teria  bancado a ilegalidade, mesmo depois de ter sido notificado pelo órgão, “razão maior da necessidade de responsabilização”.

Ainda de acordo com os autos, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, representado pelo Promotor de Justiça João Ribeiro da Mota, pede ao Juiz de Direito da Vara Única da Comarca de Alto Taquari, que nos moldes do art.12, inciso II e III da Lei de Improbidade Administrativo nº 8.429/92, para que seja determinada a perda de seu cargo público, de contratar com o poder público, assim como ressarcimento integral dos danos.

O MPE também pede para que o prefeito pague todas às custas judiciais e sucumbenciais que somam R$ 637.200,00.