;

Especiais

Mato Grosso| Movidos por vingança, criminosos cometem duplo assassinato com arma de fabricação espanhol

Com informações do MT.GOV
Um duplo assassinato aconteceu no início da manhã do feriado de sábado (21.04), em uma zona rural de Guarantã do Norte. Criminosos montaram uma emboscada contra Jesulino Ribeiro de Almeida, 60 anos, em uma curva da estrada que dá acesso à comunidade São Sebastião. Os assassinos trafegavam pela Linha 27, em uma moto Honda Bros preta, com placas de Várzea Grande (MT). 
Jesulino estava em uma moto, em companhia de Pedro Roque Gomes, 61 anos. Assim que se deparam com as vítimas, os suspeitos solicitaram que parassem a moto e dispararam diversas vezes contra Jesulino, mas os disparos atingiram também Pedro que estava na garupa. O suspeito ainda desembarcou da moto e efetuou mais disparos contra Jesulino.
Os corpos foram arrastados há cerca de 10 metros do local e deixados cobertos com folhagens. Já a moto das vítimas, foi largada há cerca de 600 metros de onde ocorreu o fato. Os dois suspeitos foram presos.
Viaturas da 13ª Companhia Independente de Polícia Militar de Guarantã do Norte, assim que receberam a informação por meio do 190, se deslocaram para fazer o cerco com a finalidade de capturar os criminosos que tinham acabado de cometer o crime. Segundo o informante, eles estavam em uma moto alta vermelha quando saíram ao encontro das vítimas.
Diversos veículos que transitavam em sentido contrário ao ocorrido, na linha da Páscoa, foram abordados, na tentativa de localizar os suspeitos, quando de longe dois indivíduos, Marcos José Madruga da Silva Santos, 33 anos, morador de União do Sul (MT) e Jairo dos Santos Oliveira, 43, de Sinop, foram avistados numa motocicleta conforme características da denúncia. Ao se aproximar da viatura, dispensaram dois objetos no matagal às margens da rodovia.
Prontamente obedeceram a ordem de parada, mas nada foi encontrado com eles e negaram que tivessem jogado alguma coisa fora. No entanto, dispensaram um revólver  calibre .44 magnum, marca llama super comanche, fabricado na Espanha pela gabilondo y cia. vitória, com capacidade de 6 munições, e quatro munições intactas. O segundo objeto não foi encontrado.
Detidos, um deles, Jairo, assumiu ter arremessado a referida arma e também uma sacola branca com diversas munições e capsulas deflagradas. E confessaram a autoria do crime, relatando que estavam há dois dias em tocaia (vigia) observando a vítima Jesulino para mata-lo, porque Jesulino teria matado seu irmão há tempos atrás.
No local dos fatos, os policiais se depararam com corpos cobertos parcialmente com diversas folhagens.
Os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a moto Honda Bros, utilizada na ação. Jairo apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. A foto era dele, porém os dados eram de A.S.O., seu irmão. Também foram apreendidos um cartão Bradesco em nome de S.F.C., um cartão Sus em nome de A.S.O. tickets de compras em mercado e de abastecimento de um posto de Sinop.
Em relação a testemunha, esta afirmou apenas ter ouvido os disparos e o barulho das motocicletas saindo do local, não sabendo os autores do crime.
Os policiais realizaram a preservação do local do crime até a chegada de uma viatura da polícia judiciária civil e outra da Politec, que fizeram os procedimentos comuns nesse caso, liberando os corpos em seguida para a funerária plantonista.