;

Especiais

Alto Taquari| Votos dos vereadores Nego e Barriga reprovam Projeto que mudaria horários de atendimento das farmácias


Aprovado no primeiro turno, o Projeto que alteraria a forma de funcionamento das farmácias e drogarias em Alto Taquari foi reprovado nesta segunda-feira (09), no segundo-turno por quatro votos a favor, dois contra e uma abstenção . De acordo com o presidente da Casa de Leis, Ivan Borba, o regimento interno determina que - as votações em segundo turno para serem aprovadas precisam da maioria absoluta dos votos, ou seja, dos 09 vereadores.
O autor do projeto, o vereador Leandro Almeida defendeu seu voto justificando que a Lei não iria tirar emprego de ninguém e tão pouco seria  uma lei autoritária conforme algumas pessoas disseram,  e ainda garantiu que não há perseguição no desejo da criação da mesma.

Acompanharam o voto do vereador Leandro, Euds Oliveira, Gregório Tolentino, Volmir Pedro Eblig e a vereadora Marcia Buscariol se absteve do voto. 

Já os vereadores Nego do Parque e o Barriga, votaram contra .

Para o vereador Nego do Parque, a Lei estaria perseguindo a minoria e por este motivo seria ela uma lei autoritária.

O vereador  lembrou que quem sustenta os empresários é população, e que a população deve ser ouvida e não apenas os empresários.

“Ouviram as opiniões dos empresários, mas não ouviram a população, quem mantem os empresários  é a população  Deveríamos ter ouvido a população” disse o vereador. 

O vereador Sinésio por motivos de saúde não participou da votação.