;

Especiais

Brasil| Lula poderá ser preso em 2018? Criminalistas respondem

© Unsplash
Com informações do Notícias ao Minuto
Condenado a nove anos e meio de prisão pelo caso do tríplex no Guarujá, o ex-presidente Lula recorreu da decisão e será julgado em segunda instância no dia 24 de janeiro. O caso estará nas mãos de três desembargadores que, segundo pessoas próximas ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), não deverão anular a decisão do juiz de Curitiba.
A eventual condenação do ex-presidente poderá, de acordo com criminalistas ouvidos pelo jornal Folha de S. Paulo, resultar na prisão do petista. A ordem pode vir do próprio tribunal ou até mesmo de Sergio Moro.
O julgamento de Lula ocorrerá antes de o Supremo Tribunal Federal (STF) analisar a regra segundo a qual condenados em segunda instância devem cumprir pena, ainda que tenham direito a mais um recurso.