;

Especiais

Mato Grosso| Laudos toxicológicos atrasam por falta de reagentes comprados na Irlanda


A falta de reagentes no Laboratório Forense da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec)  de Cuiabá tem causado atrasos na emissão dos laudos toxilógicos. Segundo a direção da Politec, kits do produto foram adquiridos em dezembro de 2016, na Irlanda do Norte.

A diretora-adjunta da Politec, Alessandra Paiva Puertas, explica que a falta dos kits reagentes está causando atrasos nos exames toxicológicos há vários meses. "Esse exame está parado há algum tempo, pela ausência dos reagentes que são importados. Eles estão esgotados e estamos aguardando a chegada de novos kits”, explicou.

Os kits de reagentes, comprados na Irlanda do Norte, custaram R$ 9.300. "Tivemos algumas mudanças no processo de aquisição, o que acarretou esse atraso. Esse processo já foi finalizado, o contrato já está assinado e agora nós esperamos a empresa importar os reagentes", afirmou.

Após assinar o contrato, a empresa tem 90 dias para entregar o produto. A previsão é que os exames voltem a ser realizados em março deste ano. "Dessa forma, acreditamos que, em meados de março, já estaremos realizando as análises”, afirmou.

Uma das famílias que aguarda o resultado do exame é a de Douglas de Jesus, que sofreu um acidente automobilístico, em julho do ano passado. A mãe da vítima, Jucélia de Jesus Alves, disse que aguarda o resultado para dar entrada no seguro de vida do filho e, com isso, pagar as dívidas dele. "Quero pegar esse dinheiro e quitar as dívidas do meu filho, quer limpar e honrar o nome dele".


Para o irmão de Douglas, Bruno de Jesus Cordeiro, o atraso na liberação do laudo só aumenta o sofrimento da família. "Isso provoca um sofrimento", declarou.

G1