;

Especiais

Mato Grosso| Estoque de vacina para raiva humana está baixo no Estado

O estoque de vacina contra a raiva humana está baixo em Mato Grosso. A doença é transmitida pelo contato com a saliva de animais doentes e pode ser fatal. Neste ano, segundo o Ministério da Saúde, foram registrados 31 casos de raiva animal no estado, em bovinos, bubalinos e herbírovos. Entre os 30 municípios com notificações da doença em animais estão Colíder, São Félix do Araguaia, Juruena e Castanheira.

Em nota, o governo federal explicou que a distribuição de soro e vacina contra a raiva foi prejudicada porque os fabricantes passam por readequações nas linhas de produção exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Mas não apresentou prazo para que o problema seja resolvido.

Dependendo do caso, o paciente precisa tomar várias doses tanto do soro quanto da vacina. Mas corre o risco de não conseguir as doses em Mato Grosso. “Houve uma diminuição muito grande [da vacina contra a raiva humana]. Caiu cerca de 50% ou mais” disse Thiago Nunes, gerente estadual de imunização em Mato Grosso.


A médica infectologista Taynna Ferraz de Barros classifica a situação como preocupante porque, uma vez transmitida para humanos, a doença pode levar à morte. “É uma situação alarmante. Sabemos que existem animais com raiva. Portanto, a transmissão pode ser real”. Então a gente precisa, o mais rápido possível regularizar a situação”, disse.


G1