;

Especiais

Eles e Elas| Sair do Facebook deixa as pessoas mais felizes, diz estudo

O Facebook é uma rede social que está totalmente inserida no cotidiano das pessoas ao redor do mundo. Só no Brasil, já são 78 milhões de usuários e, todos os dias, pelo menos 1 bilhão de pessoas acessa a rede social. Mas talvez isso não signifique uma boa coisa.

Uma pesquisa da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, aponta que o uso constante do Facebook afeta negativamente o humor das pessoas e as deixa mais tristes, revela o site EXTRA. O pesquisador Morten Tromholt analisou o comportamento de 1.095 participantes e pediu que 50% tirassem umas "pequenas férias" do Facebook, deixando de usá-lo por uma semana.

Após o período, os participantes que ficaram longe da rede social apresentaram níveis mais altos de satisfação com a vida e de emoções positivas: 88% relataram estar mais felizes e 84% afirmaram que curtiam a vida, contra 81% e 75%, respectivamente. Já com relação a sentimentos negativos, 34% dos que ficaram na rede social afirmaram estar tristes enquanto 25% disseram se sentir sozinhos, contra 22% e 16%, respectivamente.


"A maioria das postagens são de coisas boas da vida como viagens, conquistas e muitos amigos ao redor. Quem vê acha que a pessoa vive aquilo 24h por dia. Quando isso é comparado com a própria vida, vem o sofrimento, que é acompanhado de danos psicológicos", comenta a psicóloga e fundadora da Solace Institute Paula Emerick.
Notícias ao minuto