;

Especiais

Região| Reforma do telhado do Hospital Regional de Rondonópolis é finalizada

Da redação 

O telhado do Hospital Regional de Rondonópolis está totalmente renovado. Foram substituídos 3.430 m² de telhas, novas calhas de alvenaria, rufos e tubos de queda. Após quase 14 anos sem receber reforma, a estrutura do telhado do Hospital estava defasada, com telhas de fibrocimento e a estrutura totalmente de madeira.

O engenheiro civil e gestor da obra do Hospital Regional de Rondonópolis, Hugo Faleiro, destaca a qualidade do material utilizado na cobertura do telhado. “O material usado na reforma do telhado é todo de aço e telhas isotérmicas, que possuem como principal característica o baixo coeficiente de condutividade térmica, oferecendo uma maior resistência nas trocas constantes de calor externo e interno nas edificações, e possibilitando redução na utilização de equipamentos para refrigeração, além de melhorar a segurança e o ambiente de trabalho", destaca.

Para a diretora do Hospital, Silmara Ferraz Sant'Ana, a unidade passa por um momento de transformação, que irá trazer mais conforto e comodidade aos pacientes e servidores. "Não estamos medindo esforços para melhorar o atendimento no Hospital. Toda a reforma irá proporcionar um espaço adequado aos nossos pacientes e servidores. Passamos por problemas que foram resolvidos definitivamente e posso garantir que vai proporcionar maior segurança aos usuários", completou.

A reforma
A ampliação do Hospital Regional Irmã Elza Giovanella, prevista para ser entregue no final de outubro, está em ritmo acelerado. A obra contempla a ala de Emergência, Pronto-Socorro e Recepção Social, e irá proporcionará mais agilidade e conforto aos pacientes, além de melhores condições de trabalho aos profissionais que atuam no Hospital.
A Emergência, que atualmente possui 08 lugares na sala de espera e 11 leitos, terá, após a reforma, 20 leitos, sendo 02 boxes vermelhos, 10 boxes amarelos, 05 observações verdes, 01 isolamento e 02 observações pediátricas, somando um total de 101,40 m² de área construída.
Já a reforma da recepção social está sendo projetada para agilizar o atendimento dos pacientes nas consultas ambulatoriais. A área de 116,11 m², além de contar com sala de triagem, terá espaço moderno e confortável para acomodar os acompanhantes e visitantes.
Outra novidade é que, além da reforma desses espaços, o Hospital Regional deve inaugurar em breve mais uma sala de imagem para a realização de exames de Raio-X digital, permitindo que os médicos tenham acesso aos resultados com mais agilidade.