;

Especiais

Brasil| 11 dicas para evitar acidentes com o botijão de gás

Com informações do Portal do Estado de São Paulo
Ouvir e observar os caminhões de gás passarem nas ruas de São Paulo já virou uma espécie de clichê entre a população e praticamente todo cidadão paulista tem uma boa memória desse tipo de comércio. Apesar da lembrança lúdica e divertida, no entanto, o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo alerta que o botijão de gás exige atenção e cuidado.
O gás de cozinha é o nome popular do gás liquefeito de petróleo. É uma substância altamente inflamável, que causa incêndio muito fácil, basta ter contato com chamas, brasas e até faíscas. Por isso, é importante manter o botijão em um ambiente aberto e arejado e deixá-lo sempre em posição vertical.
Confira abaixo as recomendações dos Bombeiros sobre os cuidados com o botijão de gás:
– Nunca compre de fornecedores clandestinos. Procure fornecedores credenciados;
– Se o botijão estiver amassado, enferrujado ou se o lacre estiver rompido, não compre;
– Jamais use uma mangueira de gás que não tenha o selo do Inmetro;
– As mangueiras devem ter, no máximo, 1,25 metro de comprimento;
– Mangueira de botijão de gás tem validade! Veja se está dentro do prazo e sem rachaduras;
– O registro deve ter a gravação do certificado NBR 8473;
– Sempre utilizar as abraçadeiras próprias do registro de gás;
– Não utilize ferramentas como alicates ou martelos para rosquear o regulador de pressão. Apenas a força das mãos é suficiente para fechar;
– Para evitar vazamentos, passe uma esponja com sabão em torno do regulador. Se fizer bolhas, o gás está vazando. Reinstale. Se o problema persistir, retire o gás imediatamente de sua casa;
– Se o gás estiver vazando, não acenda nada. Fósforo e até interruptor de luz podem causar explosão;
– Por fim, em caso de acidente com fogo, mantenha a calma e ligue 193 para falar com o Corpo de Bombeiros.