;

Especiais

Mato Grosso| Mais de 20 municípios de MT registram homicídios femininos em 2018

Com informações do SESP-MT
Trinta e oito mulheres foram assassinadas entre janeiro e maio de 2018 em todo o estado de Mato Grosso. Os casos de homicídios envolvendo vítimas femininas estão distribuídos em 22 municípios. Os dados são da Coordenadoria de Análise e Estatística Criminal (CEAC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), obtidos com base na pesquisa de boletins de ocorrência (BOs), junto ao Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP) e das planilhas semanais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
As cidades que apresentaram ocorrências este ano foram: Cuiabá (5), Várzea Grande (3), Rondonópolis (3), Sinop (3), Poxoréo (3), Feliz Natal (2), Nova Mutum (2), Campo Novo do Parecis (2), Tangará da Serra (2), Novo Mundo (1), Nova Ubiratã (1), Juína (1), Lucas do Rio Verde (1), Colíder (1), Glória D’Oeste (1), Juara (1), Pedra Preta (1), Campo Verde (1), Pontes e Lacerda (1), Poconé (1), Alto Araguaia (1), Guarantã do Norte (1). No mesmo período de 2017, foram 35 registros desta natureza no estado.
Do total de 2018, preliminarmente, 60% (a maioria) tiveram motivação passional, 16% a apurar, 10% por envolvimento com drogas, 8% outros, 3% por vingança e 3% por rixa. Já com relação ao ano passado, a motivação passional está em 48% dos casos, envolvimento com drogas em 20% e “a apurar” também em 20%, e as motivações de rixa, vingança, ambição foram responsáveis, cada uma, por 3% dos registros.
Foi constatado também que em 42% do total de 38 ocorrências foram utilizadas armas de fogo, em 37% os autores utilizaram arma cortante ou perfurante, 18% recorreram a outros meios e em 3% o homicídio foi consumado sem instrumento.
O levantamento do período aponta ainda que o dia da semana com maior incidência do homicídio contra mulheres é quarta-feira, quando foram registrados 10 casos em Mato Grosso. Em seguida, está domingo (7), segunda-feira (6), sábado (5), terça-feira (4) e quarta-feira (4), e por último, sexta-feira (2). Já com relação a faixa etária, a maioria (10) possuía entre 30 e 35 anos de idade, seguida de 46 a 59 anos (8), de 25 a 29 anos e 18 a 24 anos (5 cada), acima de 60 anos e de 13 a 17 anos (3 cada), e de 36 a 45 anos e de zero a 12 (2 cada).
O relatório demonstrou o comparativo entre os últimos anos com relação a este tipo de crime. De janeiro a dezembro de 2014, foram registrados 86 homicídios envolvendo vítimas femininas em Mato Grosso. No mesmo período de 2015 foram 85, e em 2016 foram 91. Já ao longo de todo o ano passado, o estado apresentou 84 casos.