;

Especiais

Esporte| Tite revela onde pretende trabalhar após a Copa

Em boa campanha na seleção brasileira desde que assumiu o time, em 2016, Tite afirmou que sua prioridade não é ir para a Europa após a Copa. 
O treinador falou nessa terça ao Bate Bola da ESPN. Na entrevista, o gaúcho, que tem a missão de trazer o hexa para o Brasil, detalhou que treinar a seleção é o ápice na carreira de um técnico:
“Eu e todos os outros técnicos querem estar como técnico da seleção brasileira. Porque é uma coisa natural. É o cume da montanha, é o ápice de uma carreira”, disse Tite.
Ele reconhece, porém, que sua manutenção no cargo dependerá dos resultados no Mundial.
Tite comentou também que o tempo para montar um time é um fator importante. 
“Não precisa ser igual ao Guardiola, que tem um ano para montar toda a estrutura dele no City. Mas que dê um pouquinho mais de tempo que aquela média de três meses ou de seis jogos”, afirmou.