;

Especiais

Mundo| Terra está entrando em ciclo de 35 anos de geadas extremas

Com informações do Notícias ao Minuto
Uma série de clarões solares ocorrida no início de setembro pode provocar geadas extremas no inverno do hemisfério Norte, declarou o diretor do Instituto Internacional de Criologia e Criosofia da Universidade Estatal de Tyumen, Vladimir Melnikov, citado pelo portal russo Ridus.
Segundo o cientista, o ciclo frio de meados do século XX pode voltar devido às baixas atividades do Sol.
Melnikov explicou que fez a sua previsão usando dados relacionados à mudança no pergelissolo, pois os eventos nestes solos permanentemente gelados são semelhantes aos da atmosfera. Segundo o especialista, a Terra entra agora no ciclo de 35 anos do pergelissolo e as primeiras geadas chegarão neste inverno.
No dia 6 de setembro, foi observado que no Sol ocorreu um clarão que, segundo os astrônomos, foi o mais forte dos últimos 12 anos, tendo alcançado uma intensidade de X9,3.
Entretanto, nem todos os cientistas compartilham a opinião de Melnikov. Não há sinais de resfriamento global, disse o biológo Rashit Khantemirov, pois a vegetação e os animais não mostram mudança alguma. O cientista sublinhou que agora o fator principal, que indica resfriamento, é um grande volume de dióxido de carbono na atmosfera, que interrompe a influência de todos os fatores naturais. Com informações da Sputnik News.