;

Especiais

Mato Grosso| Voltar Bope começa curso de emprego de cães em operações policiais


Com informações da PM - MT
Começou na manhã desta segunda-feira (12.06), na sede do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope), o 3º Curso de Cinotecnia para ensinar o comportamento e as técnicas de emprego de cães em operações policiais.
Essa capacitação terá duração de 30 dias e um total de 320 horas aulas. A turma é formada por 26 participantes entre militares, civis e agentes prisionais. São policiais do Grupo de Fronteira, do Bope, de cinco Comandos Regionais da PMMT, além da Polícia Civil e do Serviço de Operações Especiais do Sistema Prisional de Mato Grosso
Além de aulas teóricas sobre legislação, anatomia, comportamento, psicologia e fisiologia canina, os participantes terão aulas práticas simulando operações especiais de buscas de foragidos, drogas, entre outras ocorrências policiais.
Ao ministrar a palestra da aula inaugural o tenente-coronel Reinaldo Magalhães de Moraes destacou que a lida com cães exige muita paciente e, acima de tudo, que o policial passe tranqüilidade ao animal.
O tenente-coronel Reinaldo lembrou que o curso é extremamente técnico, ensina o policial a preparar o animal para obter dele o que se quer na ação policial. O oficial Reinaldo foi quem ministrou o primeiro curso de cinotecnia da Polícia Militar de Mato Grosso, realizado em 1999.
O comandante das unidades de operações especiais da PMMT, coronel Paulo Serbija Filho, destacou a importância da capacitação dizendo que ao aprender sobre o cão e as técnicas de como empregá-lo em operações especiais, o policial terá uma ferramenta atuar na Segurança Pública e, claro, estará enriquecendo seu currículo.