;

Especiais

Mato Grosso| Estado registrou mais de 300 estupros de vulnerável no 1º quadrimestre de 2017

Da Redação com G1

Mato Grosso registrou mais de 300 casos de estupro de vulnerável no primeiro quadrimestre de 2017. De acordo com dados da Polícia Militar e da Polícia Civil, nos primeiros quatro meses deste ano a polícia do estado registrou 322 estupros de vulnerável. Em 2016, no mesmo período, foram 326 casos.

A maioria das vítimas tem menos de 14 anos. Um dos últimos casos registrados é de uma menina de 12 anos, que foi dopada e estuprada por um homem em um hotel em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O suspeito está foragido, foi identificado e teve a prisão decretada pela Justiça.

Ainda recentemente, a polícia prendeu um pedófilo que marcou um encontro com uma criança de 8 anos. O caso foi descoberto depois que o pai da vítima encontrou mensagens no celular e combinou o encontro, se passando pela filha.

É considerado estupro de vulnerável qualquer ato sexual com pessoas até 14 anos. O crime também é classificado em outras situações: quando a vítima não tem como se defender, está embriagada ou tem deficiência mental.

De janeiro a abril deste ano também foram registrados 75 estupros de jovens entre 14 e 17 anos. No primeiro quadrimestre de 2016 foram 45 casos.


Apesar desses números, para a polícia não houve aumento neste tipo de crime e sim o encorajamento da vítima em denunciar por saber que o estuprador vai ser punido .

Disque 100 e denuncie.