;

Especiais

Justiça| Polícia Civil prende acusado de arrombar casa e estuprar mulher em cidade do MT


Com informações da Assessoria PJC-MT

O autor do estupro de uma mulher, ocorrido na semana passada em Várzea Grande, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, nesta terça-feira (23.05). Identificado nas investigações da Delegacia da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, Mabyo Emanuel Siqueira, 18, trabalhava em um lava-jato próximo a casa da vítima e teve o mandado de prisão temporária decretado como autor do estupro.

O crime aconteceu na madrugada de domingo, 14 de maio, quando o suspeito utilizou uma chave de fenda para arrombar a porta dos fundos da casa da vítima, no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. Em posse de uma faca e com o rosto coberto por uma camiseta vermelha, o agressor forçou a vítima, de 25 anos, a manter relação sexual com ele e ameaçou a ela e a seu filho, dizendo que a conhecia.

Enquanto sofria os abusos, a vítima reconheceu o autor do crime, através da voz, como o funcionário de uma lava-jato, próximo de sua residência. Após a consumação do estupro, o suspeito ainda danificou objetos da casa e subtraiu o aparelho celular e a carteira da vítima. Quando deixou a casa, o acusado deixou cair o boné e a camiseta, utilizada para esconder o rosto.

Segundo o delegado Cláudio Álvares Sant'Ana, os objetos foram comprovadamente reconhecidos como pertences do funcionário do lava-jato, apontado como principal suspeito pela vítima. “Além do reconhecimento da vítima, foram encontradas fotos do suspeito usando a camiseta e o boné, com os quais praticou o crime”, disse o delegado.

Com base nos indícios de autoria, o delegado representou pela prisão temporária de Mabyo, decretada pela 5ª Vara Criminal de Várzea Grande. Com a ordem judicial em mãos, os policiais da Delegacia da Mulher conseguiram localizar o acusado, escondido na casa de um conhecido, no bairro, Cohab 8 de março, em Várzea Grande.

Mesmo com todas as evidências, em interrogatório, o suspeito negou a autoria do crime. Após ter a ordem de prisão cumprida, Mabyo foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória do Carumbé.