;

Especiais

Região| População fica sem sinal de TV aberta em Alto Garças-MT

O município de Alto Garças ao sul de Mato Grosso, vem enfrentando um momento complicado pela população, acontece que os sinais de TV aberta estão quase todos fora do ar. Os canais que antes pegavam nos aparelhos de TVs sem parabólicas simplesmente desapareceram. Até o canal de TV Local foi suspendo e lacrado pela Anatel, pois a mesma não tinha licença para operar e transmitia a programação local ilegalmente.

Segundo a Prefeitura do Município “único órgão com concessão para reprodução de sinal de TV”, quando a nova gestão recebeu as chaves para ter acesso ao local onde ficam os transmissores, o local já estava todo bagunçando e com falta de alguns equipamentos.  

 A Prefeitura Municipal de Alto Garças através da assessoria de imprensa informou que devido à queda de um raio que ocasionou a queima do transmissor da TV Centro América (Afiliada da Rede Globo) o sinal atualmente encontra-se interrompido. 

Segundo a Assessoria de Imprensa a prefeitura está providenciando junto ao suporte técnico da TV Centro América um novo aparelho que será instalado e já será Digital. Esclareceram ainda que ocorreram alguns furtos de alguns aparelhos e que o Município já até registrou um B.O na Delegacia para esclarecer os fatos.

A Prefeitura Municipal disse estar providenciando a compra dos transmissores para em breve solucionar todos os problemas, bem como se possível oferecer a população mais canais abertos e com sinal Digital. Mais segundo o setor de compras não a dotação para adquirir os transmissores que custam em média 16.000,00 (Dezesseis mil reais) já homologados.  A única saída seria o executivo fazer um projeto para que a câmara aprove a compra dos equipamentos. 

Enquanto isso quem sofre é a população, que não tem como assistir aos canais de TV aberta que antes funcionavam e que sumiram após a TV Local se instalar no Município e proporcionar tamanho prejuízo ao município e ao erário publica.



Autor: Noemy Gonçalves dos Santos

Fonte: Redação AG.