;

Especiais

Tecnologia| Tamanho da bateria causou explosões do Galaxy Note 7

Uma falha no dimensionamento da bateria teria causado explosões das aparelhos Galaxy Note 7 da Samsung no ano passado.
A conclusão está num relatório de investigação da empresa sul-coreana. Os dados foram divulgados pelo 'Wall Street Journal' nesta sexta-feira (20).

De acordo com a publicação, o smartphone tinha bateria maior do que deveria, o que levava ao superaquecimento dos aparelhos. Alguns dos lotes de celulares apresentava, ainda, problemas de confecção.
A falha fez com que a empresa perdesse bilhões de dólares de receita. A produção dos celulares foi interrompida e os todos os aparelhos foram desabilitados permanentemente nos Estados Unidos.

Noticias ao minuto