;

Especiais

Mato Grosso| Arena Pantanal vai abrigar primeiro estádio-escola do Estado

Mato Grosso terá em 2017 o primeiro estádio-escola, uma iniciativa inédita que será realizada a partir da reutilização de parte da estrutura da Arena Pantanal, em Cuiabá. O projeto “Arena da Educação” foi anunciado pelo secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, na manhã desta quinta-feira (26.01), durante entrevista à rádio Mega FM.
O principal objetivo da Seduc é a busca pela excelência acadêmica e formação integral do jovem estudante. Tudo isso embalado pelos valores olímpicos.
De acordo com Marrafon, o projeto é inspirado no Ginásio Experimental Olímpico do Rio de Janeiro, onde os alunos que têm aptidão para o esporte são direcionados e recebem incentivos e estrutura para que desenvolvam suas habilidades em diversas modalidades olímpicas.
Marrafon destacou que a Arena Pantanal possui todos os equipamentos necessários para fazer uma escola de tempo integral, vocacionada ao esporte. No local, há 75 salas disponíveis, que serão transformadas, gradativamente, em salas de aula.
“A preparação para isso é muito rápida, porque serão necessários, praticamente, apenas equipamentos e mobiliário, pois a estrutura física já está pronta. Também precisaremos realizar a adequação de espaço para o refeitório”, explicou.
No local, os estudantes terão, além das disciplinas regulares, como de Português, Matemática, Ciências e Língua Estrangeira, aulas de reforço e o incentivo para tirar boas notas - um tronco comum relacionado ao esporte, como, por exemplo, musculação e natação comum a todos, e rotina de treinos e atividades específicas vocacionadas ao esporte de preferência do aluno.
O secretário lembrou ainda que a estrutura do local conta com campo de futebol, piscina, Ginásio Aecim Tocantins, Palácio das Artes, entre outros equipamentos esportivos. “Além disso, iremos projetar uma pista de atletismo”, informou Marrafon, destacando que a escola-estádio também contará com estrutura para receber alunos-atletas paraolímpicos.
Seleção
O projeto será implantado gradativamente. Neste primeiro momento, a unidade escolar funcionará para estudantes do 3º Ciclo do Ensino Fundamental, ou seja, 7º, 8º e 9º anos, e três turmas para o 1º ano do Ensino Médio, com foco em esporte de alto rendimento.
A Seduc realizará uma ampla seleção, tornando o ingresso de estudantes interessados o mais democrático possível. Segundo o Marrafon, o projeto irá avançar também pelo interior de Mato Grosso.
Como a estrutura física está pronta na Arena, todo o processo de instalação e criação da escola será rápido. O próximo passo será construir minivilas olímpicas nas cidades-polos, para expandir o modelo.
“É um sonho que temos fomentado. Acredito que o programa será muito bem aceito pela sociedade e que dará oportunidade para os alunos com aptidões esportivas desenvolverem seu potencial, sem abrir mão de uma educação de excelência”, afirmou.

MT.GOV