;

Especiais

Política| Caso medida seja sancionada, procuradores da Lava Jato vão renunciar

Em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (30), procuradores da Operação Lava Jato alegaram que podem renunciar coletivamente caso a proposta de abuso de autoridade entre em vigor. A medida foi introduzida nesta madrugada, na Câmara dos Deputados.

"Vamos renunciar coletivamente à Lava Jato caso essa proposta seja sancionada pelo presidente", declarou o procurador da República, Carlos Fernando Lima.


Segundo a Folha de S. Paulo, na madrugada desta quarta-feira, o plenário da Câmara dos Deputados votou emendas e derrubaram vários pontos importantes do pacote de dez medidas anticorrupção do Ministério Público. Entre as medidas tomadas, os deputados incluíram a emenda que torna possível a punição integrantes e magistrados do Ministério Público por crime de abuso de autoridade.
Noticias ao minuto