;

Especiais

Mato Grosso| Vigilância em Saúde faz alerta a mato-grossenses que viajam para a Região Nordeste

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) de Mato Grosso, pede atenção a população que, neste período de férias, irá viajar para a região Nordeste do país.

A preocupação do Cievs-MT se deve porque nove pacientes apresentarem súbito de mialgia aguda de causa desconhecida, em Salvador, capital da Bahia. Os pacientes são de três diferentes famílias e os casos aconteceram nos dias 02 e 10 de dezembro, com as vítimas sendo rapidamente internadas.

As manifestações clínicas dos pacientes caracterizavam-se por início súbito de fortes dores em região cervical, região do trapézio, seguido de dores musculares intensas nos braços, dorso, coxas e panturrilhas. Todos os pacientes apresentaram elevações significativas das enzimas musculares e urina escura e um dos pacientes desenvolveu insuficiência renal aguda.

Responsável técnica do Cievs-MT, Marlene da Costa Barros, explica que a preocupação do Centro se dá devido ao período comemorativo e de férias, quando muitas famílias se deslocam para a região. "A Bahia é um local onde o turismo é forte e sabemos que os mato-grossenses viajam muito para lá, por isso, pedimos que em qualquer desses indícios da doença, notifiquem o mais rápido uma unidade de atendimento hospitalar," enfatiza, Marlene.

À frente das investigações sobre a doença o pesquisador do laboratório de virologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Dr. Gúbio Soares, afirmou a um site da região que a enfermidade é causada por um vírus ainda não identificado. De acordo com o médico, é necessário de 10 a 15 dias para conseguir fazer a identificação.

Até o momento o vírus só foi identificado na Bahia. Mas em casos de sintomas parecidos, e mesmo a vitima estando em outra região, a orientação é procurar uma Unidade Hospitalar, onde será feito uma notificação do estado clínico do paciente.


O contato do Cievs/MT é o 0800-647-1201. O atendimento é 24 horas.

Saúde.MT