;

Especiais

Elas| Empoderamento é a palavra mais buscada no Aurélio em 2016

Um levantamento da Editora Positivo apresenta as dez palavras mais buscadas no Dicionário Aurélio, em 2016. A principal palavra deste ano foi “empoderamento”. Na sequência, ficaram “política” e “sexo”, seguidas de “racismo” e “microcefalia”. A pesquisa leva em consideração ferramentas direcionadas para mais de 2 milhões de estudantes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, que utilizam as soluções educacionais da Editora Positivo. O estudo foi realizado entre 1º de janeiro e 14 de dezembro de 2016.
Segundo o diretor geral da Editora Positivo, Emerson dos Santos, “fazendo uma análise, é possível perceber que a busca por palavras está muito relacionada com o momento em que a sociedade se encontra”. “Algumas palavras como empoderamento, têm diversos desdobramentos, já que neste ano falou-se muito sobre este tema no País, tanto no cenário político, por meio da sociedade que vem buscando seu empoderamento ou até mesmo a luta das mulheres pela igualdade de gênero”, argumenta. A mesma teoria se aplica para microcefalia, uma condição neurológica até então desconhecida e que se gerou uma necessidade de entendimento para públicos de diversas idades.

Um dos pontos a se ressaltar é que, embora a consulta tenha sido feita por meio dos portais, existe toda uma “família de dicionários Aurélio”, com obras que contemplam as diversas faixas etárias de leitores/pesquisadores e que continuam sendo amplamente procurada pelo público, especialmente o escolar. Assim, existem opções para crianças bem pequenas, incluindo ilustrados. Conforme as ferramentas de busca (portal Educacional, Portal Positivo e Portal Aprende Brasil) o ranking das palavras mais pesquisadas no Aurélio, em 2016, foi o seguinte:
1. Empoderamento
2. Política
3. Sexo
4. Racismo
5. Microcefalia
6. Restinga
7. Contradição
8. Amor
9. Verbete
10. Mitologia
Noticias ao minuto