;

Especiais

Justiça| Condenado há 9 anos por matar esposa em MT é preso suspeito de assassinar estudante de direito

Com informações do Agora MT
Um homem de 34 anos foi preso suspeito de matar a ex dele, na manhã de ontem (20), no Bairro Serra Dourada, em Cuiabá (a aproximadamente 220km de Rondonópolis). De acordo com a delegada Juliana Chiquito Palhares, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima, identificada como Dineia Batista Rosa, de 35 anos, foi espancada, teve o rosto desfigurado e acabou estrangulada pelo ex namorado.  
O suspeito foi identificado como Welington Fabrício de Amorim Couto. Segundo a polícia, ele já havia sido condenado a 17 anos de prisão pela morte da ex-mulher, em 2008, também em Cuiabá. Ele foi preso por policiais militares no final da tarde de ontem (20) e encaminhado para a DHPP, na capital.
O crime ocorreu em uma casa que a vítima havia comprado há uma semana. A residência de três peças, ainda sem móveis, seria um presente do Dia das Mães para a mãe de Dineia.
Ela estava no local para fazer uma limpeza, quando o Welington arrombou a casa e a matou. Vizinhos ouviram gritos e chamaram a polícia, no entanto, a vítima já estava morta. O filho dela, de 8 anos, presenciou o crime e foi ameaçado pelo suspeito.
“Eles tinham um relacionamento há dois anos e, segundo a família, ela queria terminar e ele não estava aceitando. Welington invadiu a casa e a atacou. Ela sofreu golpes e murros. Ele, possivelmente, usou um tijolo [para golpeá-la]. Depois, usou um fio de energia elétrica e a estrangulou”, comentou a delegada.
Os policiais suspeitam que a vítima tenha morrido por asfixia mecânica ou traumatismo craniano. Um laudo oficial deve apontar as causas da morte da vítima. Conforme a DHPP, Dineia cursava direito em uma faculdade e era estagiária do Fórum de Várzea Grande.
O corpo da vítima foi encontrado no banheiro da residência. Segundo o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Welington teve progressão de regime e cumpria a pena em semiaberto desde 2013, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. No final de abril deste ano, o acusado foi para uma audiência admonitória. Na audiência ele conseguiu ter a pena convertida para regime domiciliar, sem a necessidade do uso de tornozeleira.
De acordo com a DHPP, existem diversos boletins de ocorrência por violência doméstica contra Welington.
Crime em 2008

Welington foi condenado em janeiro de 2011, pela morte da ex-mulher, Danevimar da Silva Dias, de 23 anos. O crime ocorreu em 2008 no residencial São Carlos, em Cuiabá. Naquela ocasião a vítima foi estrangulada com um fio elétrico e mutilada. Danevimar teve um dos seios mutilados.