;

Especiais

Alto Taquari| MP discute situação dos abatedouros que funcionam de forma clandestina

Foto: Aparecido Marden
Na busca pela melhoria na qualidade dos produtos vendidos no comercio de Alto Taquari, o Ministério Publico do Estado de Mato Grosso representado no município pelo Promotor de Justiça Marcelo Linhares, convocou a primeira Audiência Pública voltada ao ramo alimentício, com ênfase no “Abate Clandestino”. A Audiência será realizada na próxima sexta-feira (31) às 20h no prédio da Câmara Municipal.

A Prefeitura Municipal solicitou ao Promotor  permissão para  a realização de duas reuniões em sua sala antes da Audiência Pública, reuniões estas com o intuito de discutir a realidade do “Abate Clandestino”, as ações que serão tomadas para sanar o problema no município.

A primeira reunião aconteceu na manhã desta quinta-feira (23), contou com a presença do Prefeito Municipal Lairto Sperandio, da veterinária do município Lisa Carla, do Secretário de Indústria e Comércio Osmar Batistussi, da Engenheira Ambiental Raissa Milhomen, do vereador Gregório, do Engenheiro Agrônomo Rildo Netslaf e do Chefe da Vigilância Sanitária Aparecido Marden.

Já a segunda reunião foi marcada para próxima terça-feira (28).

As dúvidas

Será proibido a venda da carnes, leites e outros produtos ? Será construído matadouro na cidade? E os pequenos produtores?


As respostas destas perguntas e soluções apresentadas durante estas reuniões serão repassadas na Audiência Pública  que será realizada na Câmara  Municipal no dia 31 de Março as 20h. 

Sua presença é muito importante para um momento como este, venha saber as respostas e tirar suas duvidas.