;

Especiais

Esporte| Palmeiras busca definir situação de Róger Guedes até fim do ano

Enquanto anuncia novos nomes para a próxima temporada - caso de Raphael Veiga, Hyoran e Keno-, o Palmeiras trabalha também para garantir a manutenção de peças importantes do elenco campeão brasileiro. A diretoria agora comandada por Maurício Galiotte tem dez dias para cumprir o acordo firmado com o Criciúma no mês de abril.
Para contratar Róger Guedes, o Palmeiras pagou R$ 2,5 milhões por 25% dos direitos econômicos do atacante, que se destacou na conquista do Campeonato Brasileiro.No acordo, o time alviverde poderia adquirir mais 25% até o dia 31 de dezembro pelo mesmo valor (R$ 2,5 milhões). Caso não cumpra o combinado, a porcentagem sofrerá uma inflação para a compra palestrina, e o Criciúma imediatamente permanecerá com 75% dos direitos econômicos de Guedes.
O atacante veio como uma aposta e ganhou espaço sob o comando de Cuca logo no início da Série A. Róger Guedes atuou em 34 partidas e anotou 4 gols desde que chegou à Academia de Futebol.
O bom desempenho de Róger Guedes despertou a atenção do futebol europeu no meio deste ano. O Zenit-RUS sondou o staff do jogador, enquanto o Spartak de Moscou apresentou uma proposta de 8 milhões de euros (quase R$ 30 milhões) ao Palmeiras.
O Palmeiras trabalha para viabilizar a compra da nova porcentagem do direito até a data estipulada. Enquanto o Criciúma ainda aguarda o contato, internamente o clube de Palestra Itália confia em um fim de negociação antes da virada do ano (e da inflação).
Róger Guedes e o grupo do Palmeiras se reapresentam na segunda semana de janeiro para o trabalho de pré-temporada, que será realizado na segunda semana de 2017, na própria Academia de Futebol. Com informações da Folhapress.
Noticias ao minuto