quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Mato Grosso| Criança de 1 ano morre afogada em piscina de vizinho no interior do Estado

Com informações do G1

Uma criança de 1 ano e seis meses morreu afogada na noite nessa quarta-feira (23) depois de cair na piscina de um vizinho, no Bairro Novos Campos, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. A família, que registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil, comemorava o aniversário de outra filha na casa de amigos.

O menino teria saído da presença dos adultos sem que ninguém percebesse, até que foi encontrado boiando na piscina da casa do vizinho. A família afirmou à polícia que o menino entrou por um portão que estava aberto e caiu dentro da piscina.

Os bombeiros de Sorriso foram chamados e, enquanto se deslocavam até a casa, passaram orientações por telefone aos pais.

“Os pais que retiraram a criança da água. Quando chegamos eles já estavam no meio da rua e assumimos o controle da ocorrência. Fizemos todo o procedimento necessário e encaminhamos ao Hospital Regional de Sorriso”, explicou ao G1 o capitão e comandante dos bombeiros, Weber Dionísio Batista Júnior.

Os médicos do hospital, que já estavam avisados sobre o afogamento e o resgate até a unidade, esperavam pela ambulância.

“O resgate foi rápido, coisa de seis minutos, mas a criança já estavam sem sinais vitais e não retornou em nenhum momento. Os médicos ficaram mais de uma hora atendendo essa criança e fizeram todos os procedimentos, até que o óbito foi confirmado”, completou o comandante.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Cuidados

O Corpo de Bombeiros alerta para que moradores que tenham piscinas em casa instalem grades de proteção ou lona para evitar qualquer tipo de acidente. Não há informações se a casa onde ocorreu o acidente contava com esses tipos de acessórios de segurança.


“Sabemos que o clima está favorável [para o uso de piscinas ou banho em rios], mas a atenção deve ser redobrada com as crianças. Assim como o álcool não combina com a direção, também não combina com a água”, finalizou o bombeiro.


Reações:
Postar um comentário